16 de mar de 2017

Números do Caged de fevereiro mostram que o Maranhão continua na contramão do Brasil na geração de empegos

Os números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta quinta-feira (16), mostra que o Maranhão está na contramão na geração de empregos, pois, apesar do registro positivo dos empregos formais preservados no Brasil, o estado continou apresentando saldo negativo e teve um registro de 1.963 postos de trabalho desativados.

Os números de fevereiro são inferiores aos de janeiro deste ano, quando foi registrado um saldo negativo de 2.149, bem como aos do mesmo mês do ano passado, já que em fevereiro de 2016, o saldo negativo do Maranhão foi assustador: 5.833 postos de trabalho desativados.

De acordo com os números do Caged, as admissões no mês passado somaram 10.434, porém os demitidos foram 12.397. Mais uma vez o setor de construção aparece com o maior índice de desemprego, com um saldo negativo superior a mil. A reportagem completa está em Maranhão Hoje.


Nenhum comentário: