25 de mar de 2017

Petistas se agarram em bandeira tucana para verem Michel Temer fora da Presidência da República

Os saudosistas da dupla petista Lula e Dilma vivem um dilema sobre a possibilidade de Michel Temer (PMDB) ser julgado e condenado a perda do mandato pela Justiça Eleitoral. A ação é do PSDB, ou seja, foram os tucanos, e não os petistas e comunistas, que gritaram primeiro "fora, Temer", já que não aceitara o resultados da eleição de 2014, mas para o presidente sair é preciso que Dilma também seja condenada, e o PT, PCdoB e outros partidos esquerdistas se movimentam como podem para inocentá-la.

O problema é que se ela for inocente, então Temer, que foi seu vice (duas vezes) também é, assim como se este for culpado, por ter recebido propina de empreiteiras, ela também será, até porque foi quem mais recebeu e deu a ordens para empreiteiros pagarem e "companheiros" pegarem. 

O certo é que petistas, comunistas e outros istas se agarram a uma bandeira de coxinhas para verem Temer fora da Presidência.

Nenhum comentário: