30 de mar de 2017

Seminário debate alternativas para o desenvolvimento da atividade turísticas nos quatro municípios da Ilha

GIRO ECONÔMICO

Previsto para o mês de maio, o Seminário de Potencialidades Estratégicas para o Desenvolvimento do Turismo da Ilha de São Luís reunirá empresários, trabalhadores, professores, estudantes e demais integrantes do trade com o objetivo de debater os problemas e alternativas de soluções com vistas ao fortalecimento do setor. Do evento, sairá um documento com as medidas de curto e longo prazo para quebra dos gargalos identificados nos debates. 

Segundo José Ribamar Moraes, diretor técnico do Sebrae-MA e coordenador do evento, a ideia é reunir um conjunto de propostas legitimadas por quem vive o turismo enquanto negócio e compor um plano de trabalho para impulsioná-lo. Além do Sebrae-MA, participam da organização as secretarias de Turismo do Estado e dos quatro municípios da Ilha, bem como universidades e órgãos de fomento.

Para atuarem como palestrantes estão sendo identificadas profissionais que tenham boa experiências na atividade nos estados de São Paulo, Ceará, Bahia e Santa Catarina, bem como no Distrito Federal.

Palestra - O deputado federal José Reinaldo Tavares (PSB) participa nesta quinta-feira (30) à tarde, Casa da Indústria Albano Franco, da reunião de diretoria da Federação das Indústrias (Fiema), onde proferirá palestra sobre os cenários econômicos para o Maranhão. Trata-se de um dos políticos mais experientes, por já ter exercido, além do mandato parlamentar, cargos de superintendente da Sudene, ministro dos Transportes e governador. Em 2018, ele pretende concorrer a uma das cadeiras do Senado.

Coca-Cola - A Solar, engarrafadora da Coca-Cola no Maranhão, foi uma das que participaram das negociações finalizadas nesta terça-feira (28), quando a Unilever vendeu sua parte na AdeS, transferindo para a indústria norte-americana o controle total de uma mais mais famosas marcas de bebida à base de soja, que foi lançada em 1988, na Argentina, sendo pioneira no desenvolvimento do segundo maior mercado global de bebidas, presente no Brasil, México, Argentina, Uruguai, Paraguai, Bolívia, Chile e Colômbia. 

Venda - A empresa francesa Quercegen, que comprou o plantio de Jaborandi da indústria Merck, em Barra do Corda, está encerrando suas atividades no Maranhão e já colocou seu patrimônio à venda.





O deputado Zé Reinaldo profere palestra a empresários nesta quinta-feira às 17h, na reunião de diretoria da Federação das Indústrias, onde falará sobre os cenários econômicos para o Maranhão


Violência - Representantes da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Turismo e Hospitalidade (Contratuh) participam nesta sexta-feira (31), no auditório da Casa do Trabalhador, em São Luís, do VII Seminário Estadual Viver Mulher, evento que conta com apoio do Tribunal de Justiça, por meio da Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar (Cemulher). O evento tem como tema “Respeito, Dignidade e Igualdade – Não à Violência” e visa a debater a Lei Maria da Penha.

Financiamento - Municípios da zona ocidental maranhense vão poder receber recursos do Fundo Constitucional do Norte (FNO), vinculado à Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), pois a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado aprovou, terça-feira (28), projeto do senador Roberto Rocha (PSB) que inclui esta parte do estado, bem como o Mato Grosso, na área de influência do Fundo. Apesar de ter assento na Sudam, o Maranhão só recebe financiamentos do Fundo Constitucional do Nordeste (FNE).

Nenhum comentário: