26 de abr de 2017

Conab fiscaliza extrativistas no Maranhão para verificar se estão cumprindo regras do programa de preço mínimo

GIRO ECONÔMICO

Associações e extrativistas de amêndoa de babaçu no Maranhão, beneficiários da Política de Garantia de Preços Mínimos para Produtos da Sociobiodiversidade (PGPM-Bio), serão visitados por fiscais da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) até 15 de maio, quando serão analisados o efetivo exercício da atividade e conferido se as operações ocorreram conforme as normas que regem o Programa. 

Havendo inconsistência nas informações, o beneficiário é notificado para apresentar defesa. Se a inconsistência for confirmada, o extrativista ou a associação/cooperativa não recebe a subvenção ou devolve o recurso para a Companhia. Caso não devolva, é inserido no cadastro de inadimplentes, ficando impedido de participar de outro programa do governo.

A PGPM-Bio oferece subvenção a mais de 15 produtos do extrativismo. Quando algum dos produtos contemplados é vendido no mercado por um valor inferior ao preço mínimo estipulado pelo governo federal, a Conab paga a diferença para o extrativista. 

Gastronomia - Entrou em funcionamento nesta terça-feira (25), na Lagoa da Jansen, mais um empreendimento gastronômico dos empresários Cláudio Azevedo, Henrique Tajra e Amadeu Dias (de Pernambuco), o Tasquinha Ferrero, restaurante especializado em culinária portuguesa (bacalhau, pato, cordeiro etc), mas com a opção de massas italianas também, que está no mesmo local onde funcionou o Maracangalha. A casa abre todos os dias a partir das 19h, sendo que nas sextas há exceções para o almoço.

Comefec - Reeleita presidente do Consórcio dos Municípios dos Corredores Multidomais do Maranhão (Comefec), a prefeita Karla Batalha Sousa, de Vila Nova dos Martírios, já entrou em entendimentos com o governador Flávio Dino (PCdoB) a fim de destravar mais de R$ 57 milhões no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), dinheiro que seria a parte das prefeituras da área de abrangência da Ferrovia Carajás com a privatização da Vale e que até hoje está sob a guarda do Estado.

Pindaré - É de autoria do arquiteto Domingos Brito para uma radicação mudança urbanística em Pindaré-Mirim, que prevê, inclusive a construção de uma ponte sobre o rio Pindaré e a urabanização também da trizidela, que pertence a Monção.








Cláudio Azevedo e a filha Carol inauguraram nesta terça-feira (25), na Lagoa da Jansen, mais uma opção para os amantes da boa culinária, o Tasquinha Ferreiro, restaurante especializado em comida portuguesa


Expoema - O anúncio da volta, este ano, da Exposição Agropecuária do Maranhão (Expoema), que será “a maior da história”, provocou correria entre os criadores. Como o evento não foi realizado ano passado e não havia previsão também para 2017, não deu para fazer a seleção com antecedência de animais para exposição, comercialização, leilões, julgamento etc, trabalho que começa no final do ano anterior. Agora é correr contra o tempo, laçar o que tem no pasto e dar tratamento especial para não fazer feio.

Televisão - O Maranhão registrou em março deste ano aumento superior a 10 mil novas residências atendidas com serviços de televisão por assinatura na comparação com o mesmo mês de 2016. De acordo com os números da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), havia no Maranhão 162.137 com esse serviço, enquanto este ano passaram a ser 172.868, o que dá um crescimento de 10.731, ou seja, uma variação der 6,62%. Vale registrar no Brasil houve queda de 337.703, ou seja, uma variação de -1,78%

Nenhum comentário: