13 de abr de 2017

Estudo do Etene aponta que aumento da inflação no Nordeste foi menor no primeiro trimestre deste ano

GIRO ECONÔMICO

O índice inflacionário nordestino no primeiro trimestre de 2017 é de 1,29%, inferior aos 2,87% referentes ao mesmo período de 2016, o menor índice para os três primeiros meses do ano desde 2012, quando a taxa foi de 1,28%. A pesquisa é do Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), órgão do Banco do Nordeste, com base em dados do IBGE. Segundo o estudo, em março de 2017 a inflação apresentou crescimento de 0,34%, abaixo da observada no mês anterior (+0,39%), porém ainda em patamar superior à média nacional (+0,25%). 

No acumulado dos últimos 12 meses terminados em março, o índice regional apresentou leve crescimento para 5,56% e ficou acima dos 5,29% registrados nos últimos 12 meses imediatamente anteriores. No índice regional mensal, o grupo educação (+1,23%) foi o de maior variação percentual no mês de março.

O grupo habitação (+1,17%) teve maior impacto (+0,16%) no indicador inflacionário do Nordeste, representando cerca da metade da mensal. Em outro sentido, observa-se deflação nos grupos artigos de residência (-0,57%), comunicação (-0,53%), vestuário (-0,25%) e transportes (-0,21%), que contribuíram para atenuar a inflação mensal.

Carne - Apesar da Operação Carne Fraca, deflagrada pela Polícia Federal em março, o faturamento das exportações de carne bovina aumentou 22% e o volume vendido, 20%, na comparação com fevereiro. Os dados são da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec). Na comparação com março do ano passado, houve queda de 3% no faturamento. O faturamento das exportações do setor no mês de março somou US$ 501 milhões, com o embarque de mais de 125 mil toneladas. 

Caminhões  - Quem trabalha com transporte de carga precisa estar atento às restrições impostas pela Polícia Rodoviária Federal a caminhões em alguns trechos de BRs, como é o caso da 135, entre São Luís e Entrocamento (Itapecuru-Mirim), por onde caminhões não podem trafegar, quinta-feira (13), das 16h às 24h, e na sexta-feira (14) e no domingo, das 06h às 12h. A medida visa a facilitar o tráfego de automóveis, vans, ônibus e outros que fazem o transporte de passageiros que vão sair de suas cidades no feriado da Páscoa.

Páscoa - A alta no preço do chocolate (12,61%) e do pescado (9,28%) faz o consumidor gastar mais na Páscoa deste ano. Apesar do aumento nos preços, outros itens que foram vilões do período em anos anteriores agora estão mais baratos.




Na certificação da Smartcat pelo Procen do IEL, Allan Abitbol (diretor da empresa) com Priscilla Abitbol, Carlos Jorge Taborda Macedo (PDF/FIEMA), Jurema Franco (PDF), Patrícia Araújo (IEL) e Michele Frota (IEL).



Certificada - A Smartcat, que atua no controle e prevenção de pragas em residências, empresas e escolas, recebeu certificado no Procem, pelo Instituto Euvaldo Lodi (IEL), órgão vinculado ao Sistema Fiema, por ter atendido os requisitos nas quatro áreas de gestão: Qualidade e Produtividade; Saúde & Segurança do Trabalho e Meio Ambiente; Gestão Contábil, Tributária, Trabalhista e Financeira e Responsabilidade Social. O Procem é a principal ferramenta de capacitação do Programa de Desenvolvimento de Fornecedores (PDF).

Comércio  - O comércio varejista registrou em fevereiro queda de 0,2% nas vendas e alta de 0,1% na receita nominal na comparação com janeiro, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em fevereiro, ficou em 1%, enquanto em janeiro foi de 1,4%. Mas se a relação é com fevereiro de 2016, o varejo recuou 3,2% no volume de vendas. Essa é a vigésima terceira taxa negativa consecutiva. Assim, nos dois primeiros meses, o comércio varejista acumula redução de 2,2% e 5,4% nos últimos 12 meses.

Nenhum comentário: