12 de abr de 2017

Extrativistas maranhenses recebem bônus para o Programa de Garantia de Preços para Agricultura Familiar

GIRO ECONÔMICO

Agricultores e extrativistas de babaçu (amêndoa), batata, cacau (amêndoa), cará (inhame) e mais cinco produtos receberão o bônus do Programa de Garantia de Preços para a Agricultura Familiar (PGPAF) este mês. O bônus garante abatimento em parcelas de financiamentos do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura familiar (Pronaf) iniciado segunda-feira (10) até 09 de maio. 

As culturas beneficiadas são as que, em março, tiveram preço de mercado abaixo do mínimo em algumas regiões do país: amêndoa de babaçu (Pará, Tocantins, Ceará, Maranhão e Piauí), batata (Distrito Federal, Paraná e Santa Catarina), amêndoa de cacau (Amazonas e Rondônia), cará/inhame (Amazonas), cebola (Rio Grande do Sul e Santa Catarina), leite (Pará), manga (São Paulo), trigo (Goiás, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina) e triticale (Paraná e Santa Catarina).

Mensalmente, a Conab faz um levantamento da cotação dos produtos da agricultura familiar e as culturas que tiverem preço de mercado abaixo do mínimo estabelecido pelo governo federal recebem o bônus para abatimento em parcelas do crédito rural.

Convênio - O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-MA) e a Agência de Defesa Agropecuária (Aged) estão firmando parceria para desenvolver ações voltadas para um maior controle dos produtos vegetais que servem de alimento ao ser humano. As tratativas foram iniciadas, semana passada, no Encontro de Fiscalização e Seminário sobre Agrotóxicos (Enfisa), em Campos do Jordão (SP). Representaram o Maranhão, Rita Cunha (Crea) e Roberval Raposo, Edmara Pereira e Keyla Carvalho, pela Aged.

Cidadão - Natural de Pastos Bons, o engenheiro civil Celso Gonçalo, diretor da Engec Engenharia e sócio da Alvorada Motos (concessionária Honda), além de presidente do Conselho Temático de Micro e Pequenas Empresas (Copem), órgão vinculado ao Sistema Federação das Indústrias do Maranhão (Fiema), recebe nesta quarta-feira, às 14h, na Câmara Municipal, o título de Cidadão Honorário de São Luís, num reconhecimento às suas contribuições ao desenvolvimento social e econômico da cidade.

Conselho - A composição do Conselho Deliberativo do Sebrae-MA está alterada desde o mês passado, pois a cadeira de titular da Associação Comercial passou a ser ocupada por Felipe Mussalém e Luzia Rezende foi para a suplência. Já no Senai, o novo suplente é Alexandre Ataíde.


Na World Travel Market Latin America, em São Paulo, Edilson Baldez (Fiema), Dilson Jatayh (ABIH Nacional), Vinicius Lummertz (Embratur), Manoel Linhares (ABIH Nacional) e Lourenço Kurten (FBHA)



Páscoa - Os preços dos produtos de Páscoa subiram 0,36% em relação ao ano passado, de acordo com o Instituto Brasileiro da Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV/Ibre), mas, apesar da alta, o percentual está abaixo da inflação acumulada entre abril de 2016 e março deste ano (4,55%). Os pescados frescos foram os produtos que tiveram a maior elevação (15,89%) entre os alimentos mais comuns para as comemorações desta época do ano, de acordo com a pesquisa do Ibre. Em seguida, estão o vinho (9,96%) e o bacalhau (5,73%). A pesquisa não inclui ovos de Páscoa.

Comércio  - Os estabelecimentos comerciais dos segmentos de tecidos, vestuário, acessórios de arte, louças finas, cirurgia, móveis e congêneres vão funcionar normalmente nesta quinta-feira (13), mas os de material elétrico, eletrodomésticos, óticas e atacadistas de medicamentos e alimentos terão horário reduzido até às 14h. Na sexta-feira (14), todo o comércio não funciona, voltando ao expediente normal no sábado, isto é, das 08 ao meio-dia (lojas de rua) e das 10 às 22h, em shopping centers.

Nenhum comentário: