30 de abr de 2017

Secretário de Infraestrutura, Clayton Noleto, toma dores de vereador e distancia Estado e Prefeitura de Imperatriz

Como secretário de Infraestrutura, Clayton Noleto cria um fosso entre Governo
do Estado e Prefeitura Municipal, ao sair em defesa de camaradas de Imperatriz
O aparelhamento do Governo do Estado por "camaradas" do PCdoB, vez por outra, cria situações embaraçosas para o governador Flávio Dino, que é do mesmo partido, pois, mesmo estando em posições estratégicas, alguns dos seus auxiliares se mantêm como dirigentes da legenda e passam a se confrontar publicamente com quem deveria ter relacionamento institucional, como é o caso de prefeitos, deputados, vereadores, dirigentes partidários e outros de coloração e ideologia diferentes da legenda do governador.

É o caso de Imperatriz, onde o secretário de Infraestrutura, Clayton Noleto, preside o diretório municipal da legenda comunista e, ao tomar dores de filiados, vê-se na obrigação de brigar com o prefeito Assis Ramos (PMDB). 

Flávio Dino (D) passa a ideia de que governo e Prefeitura de Imperatriz vão
trabalhar irmanados pela cidade, o que seus auxiliares não confirmam
Como representante do governo, deveria estar, o secretário, cuidando de parcerias com o Município, a fim de melhorar as condições de vida da população, mas como dirigente partidário trata de alargar o fosso entre governo e prefeitura, já que uma nova eleição se aproxima e neste momento voto é o que mais interessa.

Vale ressaltar que na sua primeira visita ao Palácio dos Leões, ainda em janeiro, Assis Ramos Ramos recebeu garantias de que Governo e Prefeitura iriam trabalhar irmanados pelo bem de Imperatriz, em que pesem as divergências de suas legendas.

Em nota de desagravo ao vereador Carlos Hermes, que teria entrado em conflito com o prefeito, o secretário foi contundente em suas críticas. Eis o teor da nota:

O Diretório do PCdoB de Imperatriz repudia a atitude do prefeito Assis Ramos (PMDB) ao destratar o vereador Carlos Hermes (PCdoB) , exigindo sua retirada do gabinete do executivo, no fim da tarde de ontem. O vereador, no exercício do cargo , buscava o diálogo em defesa de servidores do município. A lamentável postura do prefeito Assis Ramos fere o respeito institucional entre os poderes constituídos e nega ao parlamentar, eleito democraticamente, o direito de se manifestar.

O Diretório do PCdoB de Imperatriz roga ao prefeito que faça valer as prerrogativas do Vereador em relação à Administração Publica .

O PCdoB se solidariza com o vereador Carlos Hermes , no trabalho valoroso do parlamentar na defesa dos direitos da coletividade ressaltando os valores que norteiam o fortalecimento da democracia.


  • Clayton Noleto 
  • Presidente PCdoB de Imperatriz

Nenhum comentário: