11 de mai de 2017

Aproximar empresa dos clientes é a receita para crescer, ensina diretora das Óticas Diniz no Recover Money

GIRO ECONÔMICO

Ao participar terça-feira (09), na Federação do Comércio de São Paulo, do Recover Money 2017, a diretora de Administração e Finanças das Óticas Diniz, Ariane Diniz, disse que a receita da empresa para contornar a crise econômica por que passa o país, foi a adoção de um plano voltado para envolver o franqueado para elevar a experiência dos clientes, já que a maior parte da rede está em cidades menores e pequenas, o que permite um relacionamento próximo da clientela, porque os seus produtos, em grande parte, são de primeira necessidade. 

De acordo com Ariane, a empresa investe em crediário próprio e diante de um cenário de inadimplência, houve a preocupação de controlar a cobrança, que é terceirizada e acompanhada de perto. “Temos uma melhoria no processo de cobrança e um consultor de vendas que acompanha não apenas as vendas, mas todo o ciclo, inclusive o receber”, afirmou.

Sobre os planos para o futuro, disse que a ideia é investir em treinamento dos consultores e nos processos. “Queremos inovar com a questão de experiência no sentido de interagir com o consumidor”, afirmou.

Itaqui - Com movimento acima de 3,346 milhões de toneladas, entre janeiro e março, o Porto do Itaqui pulou três posições em comparação ao primeiro bimestre e está em 16º lugar no ranking dos portos brasileiros (o sexto entre os organizados), atrás de Santos (SP) – 23,010 milhões; Itaguaí (RJ) – 12,389 milhões; Paranaguá (PR) – 10,293 milhões; Rio Grande (RS) – 5,627 milhões; e Suape (PE) - 5,382 milhões, segundo estatística da Antaq. Os embarques foram 1,705 milhões de toneladas, e desembarques, 1,640 milhões.

Liderança - O Porto da Ponta da Madeira, administrado pela Vale, continua sendo o maior do país em movimentação de cargas, com um volume superior a 26,684 milhões de toneladas, no trimestre, enquanto o outro privado de São Luís, da Alumar, ocupa o 14º lugar no ranking geral, com movimentação de 3,553 milhões de toneladas. Quando são apurados os números apenas dos Terminais de Uso Privado (TUP), o porto da Alumar fica em nono lugar. Na soma, os três portos movimentaram 33,583 milhões de toneladas.

Seminário - Pedreiras vai sediar no próximo dia 26, a segunda edição do seminário Revitalização dos Rios Maranhenses e suas Nascentes. O evento, que já foi realizado em São Luís, em março, na Federação das Indústrias.




Na assinatura do convênio para realização de cursos de educação profissional para portadores de deficiência, entre Senai e Secretaria de Educação, Edilson Baldez, Felipe Camarão e Marco Moura Silva



Boticário - Pesquisa da Federação do Comércio indica que 79,9% dos consumidores ludovicenses estão dispostos a comprar presentes para as mães e, destes, 29,4% devem optar por roupas e 27,3%, artigos de perfumaria. De acordo com Glênia Gentil, diretora do grupo Gentil Negócios, franqueado, dentre outras marcas, de O Boticário em São Luís, o perfume, além de clássico, é o presente mais indicado para quem não quer errar, pois são inúmeras as opções de fragrâncias e uma delas, com certeza, agrada quem vai receber o presente.

Azul - São Luís terá uma ligação extra, diária e direta, com Belo Horizonte nas operações da companhia aérea Azula durante o período das férias de julho. Além da capital maranhense, receberão voos extras Campinas (SP), São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro (RJ), Recife (PE), Salvador (BA), Foz do Iguaçu (PR), Teresina (PI), Fortaleza (CE), Natal (RN), Maceió (AL), Curitiba (PR), Ilhéus (BA), Cuiabá (MT) e Goiânia (GO), além das rotas internacionais para Miami e Orlando (EUA).

Nenhum comentário: