27 de mai de 2017

Ministério do Meio Ambiente e Banco Mundial assinam acordo para investimentos no cerrado

GIRO ECONÔMICO

O Ministério do Meio Ambiente e o Banco Mundial assinaram acordo que destinará US$ 32,48 milhões para o Cerrado. Os recursos são provenientes do Programa de Investimentos em Florestas (FIP), e a contrapartida do Ministério é equivalente a US$ 17,52 milhões, o que totaliza orçamento de US$ 50 milhões. A medida apoiará a implementação do Cadastro Ambiental Rural (CAR) em oito estados e no Distrito Federal. 

O projeto abrangerá, ao todo, 47 municípios em Tocantins, Maranhão, Minas Gerais, Goiás, São Paulo, Paraná, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e no Distrito Federal. A expectativa é que as propriedades rurais familiares da região sejam registradas para que adotem medidas de recuperação das áreas degradas. Com isso, a medida contribuirá, também, para o alcance das metas assumidas pelo país para reduzir as emissões de gases de efeito estufa.

A iniciativa garantirá, entre outras ações, a recuperação de reservas legais e áreas de preservação permanente em propriedades rurais familiares. 

Abastecimento - O Consórcio dos Municípios dos Corredores Multimodais do Maranhão (Comefc) destinou para Santa Rita serviços de abastecimento de água para os povoados Palmeiras, São Raimundo da Felicidade e Pedreiras, o que levou o prefeito Hilton Gonçalo a refazer os cálculos sobre a ampliação dos serviços, que estimava em 96 novos sistemas até 2020, mas acha que deve superar a barreira dos 100, e assim será possível garantir até o final da década água na torneira para 95% das residências do município.

Investimento - O empresário Francisco Neves Regadas revela que muitos o aconselharam a construir, em vez do Golden Shopping, um moderno condomínio residencial no terreno de sua propriedade. À época, 2012, tudo indicava que este seria o investimento mais seguro, porém ele acredita que se tivesse seguido o conselho dos “entendidos” em mercado estaria amargando uma despesa mensal astronômica com condomínios de apartamentos construídos e não comercializados, já que em seguida veio a retração no setor.

Assim sim, mas assim não - No Judiciário é quase consensual a ideia de que todos os políticos financiados pela JBS devam ser punidos, mas quando vem a revelação de que um ministro do STF, Edson Fachin, também foi ajudado pela empresa, o discurso passa a ser de que fatos do passado não devam ser levado em contas.






O engenheiro José Ximenes, responsável pelas obras do Golden Shopping, com as arquitetas Laureeen e Natália e o coordenador de obras, na apresentação do empreendimentos, quinta-feira



Aeroporto - O Aeroporto Marechal Hugo da Cunha Machado movimentou em abril 113.819 embarques e desembarques de passageiros, e o volume do ano chegou a 514.901, de acordo com os números da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). Já no aeroporto de Imperatriz, o movimento de passageiros chegou a 23.348, e o acumulado do ano, foram 90.905 embarques e desembarques. Em amos os municípios, houve queda em relação ao movimento de março.

Suzano - A Suzano Papeis e Celulose vai doar quatro escolas dignas ao Governo do Estado, um investimento de R$ 2,5 milhões, para que, além da substituição das construções de taipa e palha por de alvenaria e telha, sejam construídas bibliotecas. As escolas serão construídas em Açailândia, Buriticupu, Sítio Novo e Urbano Santos. A empresa estima que até o mês de novembro todas as escolas estejam com as obras concluídas, ou seja, os alunos já poderão ocupá-las a partir do próximo ano.

Nenhum comentário: