18 de mai de 2017

"Não renunciarei", diz Michel Temer desfazendo especulações de que deixaria o cargo nesta quinta-feira

O presidente Michel Temer (foto) acaba de anunciar que não vai renunciar ao cargo.

Ele disse que esperou até esta quinta-feira à tarde para fazer um pronunciamento à Nação porque ainda aguarda detalhes do que o acusam e prometeu se defender no Supremo Tribunal Federal, com ou sem foro privilegiado.

Temer disse que realmente recebeu o diretor do Grupo JBS, mas em nenhum momento pediu que pagasse o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha, que está preso em Curitiba (PR). Segundo Temer, a ajuda financeira que vinha sendo dada ao ex-presidente da Câmara ele soube nessa conversa.

O presidente disse que já solicitou ao Supremo  cópias das apurações, mas ainda não foi atendido.

Nenhum comentário: