19 de jun de 2017

Patrões apresentam nova contraproposta de reajuste dos rodoviários e paralisação dos ônibus pode ser suspensa

Os empresários do setor de transportes apresentaram na manhã desta segunda-feira (19) ao Sindicato dos Rodoviários uma nova contraproposta para reajuste dos salários de motoristas, cobradores e fiscais.

Pelo documento apresentado pelo patronato, os vencimentos desses trabalhadores poderão ser corrigidos em até 6%, ou seja, menos da metade do que estes reivindicavam (13%), mas, segundo Isaias Castelo Branco, que representa a categoria dos rodoviários, é um índice bem mais justo do que o oferecido anteriormente (4,8%).

Na contraproposta dos patrões não há menção aos outros pedidos de reajustes - cesta básica e plano de saúde - mas, ainda assim, será levada à assembleia geral, marcada para esta segunda-feira.

Embora não dê como pacificado um conflito de interesses entre as duas categorias, Castelo Branco sinaliza que o percentual de hoje pode significar o fim da paralisação do setor, que poderia ocorrer caso os patrões não reajustassem os vencimentos dos seus empregados.

Nenhum comentário: