1 de jun de 2017

Sebastião Jorge toma posse na Academia Maranhense de Letras, onde ocupará cadeira que era de Jomar Moraes

O jornalista e advogado Sebastião Jorge (foto), que por muitos anos foi professor de Jornalismo da Universidade Federal do Maranhão (UFMa) e é autor de vários livros na área da Comunicação Social, será empossado nesta quinta-feira (1º), na cadeira de número 10 da Academia Maranhense de Letras, que ficou vaga com a morte de Jomar Moraes. A solenidade de recepção do novo imortal está marcada para às 19h, quando será saudada pelo médico, escritor e ex-reitor da UFMa Natalino Salgado.

Na noite em que foi comunicado da sua escolha para compor os quadros da Casa de Antônio Lobo, Sebastião Hoje sintetizou com será sua atuação junto aos imortais. “Vou honrar esta confiança de todos. A Academia Maranhense de Letras é uma das grandes instituições deste estado”, disse.

Natural de São Bento, na Baixada Maranhense, Sebastião Barros Jorge nasceu em 1939. Pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), licenciou-se em Geografia (1970), fez pós-graduação latus senso em Teoria e Técnica de Comunicação (1977) e bacharelou-se em Ciências Jurídicas (1979). É professor emérito da UFMA.

Nenhum comentário: