21 de jun de 2017

Deputado Sérgio Frota apela para Federação tirar a final do Campeonato Maranhense da cidade de Barra do Corda

Quando o Campeonato Maranhense de 2017 foi anunciado, apenas um clube foi questionado pelas condições do estádio do seu município, Santa Quitéria, que quase foi afastado da competição, ou seja, os demais foram considerados adequados para receber as partidas.

O que talvez ninguém contasse é que o Cordino, de Barra do Corda, chegasse à final e pelas regras uma das partidas fosse nesta cidade. Pior, ninguém previu que a última partida poderia ser lá, por isto agora estão querendo mudar as regras, e levar para outra cidade a partida contra o Sampaio para saber quem será o campeão da temporada.

Nesta quarta-feira (21), o deputado Sérgio Frota (PSDB), presidente do Sampaio Corrêa e da Ama Clube, pediu um posicionamento da Federação Maranhense de Futebol (FMF) no sentido de indicar outro estádio para a realização da final do Campeonato. Segundo ele, o estádio Leandrão, de Barra do Corda, não tem condições de garantir segurança aos torcedores, nem às delegações.

“Eu queria aqui abrir um parêntese para dizer que o grande cliente desse negócio chamado futebol - porque o futebol é um negócio - é o torcedor. Ele tem que ser respeitado. Vai ter uma audiência no Tribunal de Justiça Desportiva e eu quero dizer que eu não vou recorrer, não. Eu jogo em Barra do Corda. Quando eu falo “eu”, o Sampaio. O Sampaio joga em Barra do Corda ou joga em Imperatriz. Mas, eu quero que seja garantida segurança ao torcedor não só do Sampaio, mas também do Cordino”, completou.

Por fim, Sérgio Frota destacou que o TJD está com a responsabilidade de garantir, ou não, a segurança do torcedor. “O que significa responder pelo que por ventura acontecer. Não estou dizendo que vai acontecer. Mas você fazer, construir uma arquibancada móvel que não tem o atestado técnico do CREA é no mínimo temeroso”, disse.

Nenhum comentário: