21 de jun de 2017

Agropecuária foi o setor que mais contribuiu para o saldo positivo de maio na geração de empregos no Maranhão

Os números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) sobre a geração de empregos no mês de maio, divulgados nesta terça-feira (20) pelo Ministério do Trabalho e Previdência (MTE), apontam que o setor da agropecuária foi o que mais contribuiu para que o Maranhão tivesse um saldo positivo de 782 postos de trabalho preservados, resultado de 12.589 admissões e 11.807 demissões. Leia reportagem completa em Maranhão Hoje.

Por outro lado, o comércio foi o que registrou pior desempenho, tendo um saldo negativo de 932.

Veja os números:
  • Extrativa Mineral -25 
  • Indústria de Transformação 346 
  • Serviços Industriais de Utilidade Pública – SIUP 106 
  • Construção Civil 318 
  • Comércio -932 
  • Serviços 392 
  • Administração Pública 168 
  • Agropecuária 409

Nenhum comentário: