10 de jul de 2017

Boletos bancários vencidos podem ser pagos em qualquer agência bancária, mas por enquanto só de R$ 50 mil

GIRO ECONÔMICO

A partir desta segunda-feira (10) a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) começa a adotar uma plataforma de cobrança que permite a quitação de boletos em atraso em qualquer agência bancária. Por enquanto, só estará disponível para aqueles com valor igual ou superior a R$ 50 mil, mas o mínimo será reduzido para R$ 2 mil em 11 de setembro, R$ 500 em 09 de outubro e R$ 200 em 13 de novembro. Somente a partir de dezembro, boletos vencidos de todos os valores passarão a ser aceitos em qualquer banco. 

A nova plataforma de cobrança permitirá a identificação do CPF ou do CNPJ do pagador, o que facilitará o rastreamento de pagamentos. Ao quitar o boleto, o próprio sistema verificará as informações. Se os dados coincidirem com os da plataforma, a operação é validada; caso haja divergência, o pagamento só poderá ser feito no banco de origem.

Conforme as datas de adoção da nova plataforma e as faixas de valores, os bancos deixarão de aceitar boletos sem o CPF ou o CNPJ do pagador. Os clientes sem esses dados serão contatados pelos bancos para refazerem os boletos.

Gasolina  - Levantamento realizado semana passada pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) voltou a colocar o Maranhão entre os cinco estados do Brasil onde a gasolina custa menos para o consumidor final. Com preço médio de R$ 3,38, o estado fica atrás apenas de São Paulo (R$ 3,28), Santa Catarina (R$ 3,35), Distrito Federal (R$ 3,31) e Amazonas (R$ 3,25), havendo empate com Paraná, onde também custa R$ 3,38. O menor preço encontrado no estado foi R$ 3,09 e o maior, R$ 3,95.

Expoema - Faltando pouco mais de um mês para sua abertura, a Exposição Agropecuária do Maranhão (Expoema) deve pegar nos próximos dias o mesmo ritmo das versões anteriores, no que diz respeito a comercialização de estandes, divulgação da programação técnica e artística e outras ações que servem para motivar agropecuaristas e outros segmentos produtivos a participar da exposição. Os preparativos para o evento, que a Associação dos Criadores promete ser o maior da história, devem ser debatidos na reunião desta segunda na Ascem.

Infraero - A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) deve divulgar esta semana a estatística sobre a movimentação no transporte aéreo, em junho, mês bastante movimentado pelas festividades juninas. A expectativa maior, no entanto, é pelo levantamento do semestre.



Na condição de representante do Instituto Cidade Solidária, Liviomar Macatrão (E), fez a entrega de alimentos não perecíveis à Fazenda da Esperança, sexta-feira (07), em Caxias, onde foi realizado seminário sobre recuperação das nascentes de rios maranhenses



Itapecuru - Ao participar, sexta-feira (07), em Caxias, do seminário de revitalização das nascentes de rios maranhenses, a chefe da Unidade de Meio Ambiente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Ericka Cunha, garantiu que a recuperação do rio Itapecuru é uma das prioridades da estatal, que já tem um plano elaborado com base em estudos científicos para devolver a ele as condições de navegabilidade e de criadouro de centenas de espécies de peixes da água doce.

Itaqui - O Anuário Estatístico sobre a movimentação dos portos brasileiros da Agência Nacional de Transporte Aquaviário (Antaq) mostra que a queda no volume de cargas movimentadas no Itaqui se deve em grande parte à redução das importações, pois a entrada, entre janeiro e maio, foi de 2,979 milhões de toneladas, o que representa uma variação negativa de 18,68% na comparação com igual período do ano passado. Já a saída, que foi de 4,106 milhões de toneladas, teve uma queda menor, 9,61%.

Nenhum comentário: