24 de jul de 2017

Gasolina custa caro, porém seu preço é bem menor de outros produtos menos essenciais, como cerveja

GIRO ECONÔMICO

O assunto mais discutido desde sexta-feira (21) é o novo preço da gasolina, que foi a mais de R$ 3,50 na maioria dos postos da capital e em alguns municípios do estado beirando os R$ 4,00 após o anúncio de reajuste nas alíquotas do PIS e da Cofins, mas, mesmo impactando o bolso dos consumidores, o quanto se paga pelo combustível, levando-se em conta o preço médio apurado pela ANP de R$ 3,35, é bem mais baixo de quanto custa outros produtos menos essenciais. 

O dinheiro que se paga por dois litros de gasolina, por exemplo, não dá para pagar uma garrafa de cerveja de 600 ml em muitos bares e restaurantes da cidade; é o mesmo que o valor médio de uma lata de cerveja ou refrigerante nos supermercados, menos da metade de um maço de cigarros Carlton, quatro vezes menos do que alguns tipos de hamburguer no McDnold´s ou Bob´s, chega a custar menos do que uma garrafa de água na praia. E por aí vai.

Vale ressaltar, que dependendo do desempenho do automóvel, é possível percorrer com R$ 3,35 dez quilômetros ou mais nas via urbanas, e se forem transportadas nesse veículo quatro pessoas, daria um gasto médio de R$ 0,83 por passageiro.

Gasolina - Levantamento concluído, neste sábado (22), pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) mostra que Balsas é o município do Maranhão onde a gasolina tem o preço médio mais elevado, R$ 3,88, já que os postos cobram pelo litro do combustível de R$ 3,79 a R$ 3,86, porém Bacabal é onde o produto chega a ter valor mais alto, R$ 3,95, porém como o menor fica em R$ 3,36, o valor médio encontrado é de R$ 3,60. São José de Ribamar fica na outra ponta, com preço médio de R$ 3,19.

Vendedora - Após postar, semana passada, vídeo nas redes sociais em que pede para a militância petista fazer assinaturas da revista Carta Capital, a fim de evitar sua falência, a senadora Gleise Hoffmann, presidente nacional do PT, mostrou em São Luís novamente suas habilidades para garota-propaganda. Na festa de inauguração da nova sede do PT municipal, fez pose com uma garrafa da Cola Guaraná Jesus, tradicional refrigerante do Maranhão há anos comprado pela Coca-Cola, que no estado é representada pela Solare.

Expoema - Na reunião desta segunda-feira (24), o presidente da Associação dos Criadores, Ivaldeci Mendonça, vai detalhar o acordo firmado com o Governo do Estado para realização da Exposição Agropecuária do Maranhão no período de 14 a 21 de outubro, no Parque Independência, em São Luís.






Senadora Gleise Hoffmann posando como garota-propaganda da Cola Guaraná Jesus, fabricada pela Solare, empresa pertencente ao senador Tasso Jereissati, presidente interino do PSDB nacional



Feirão - Moradores de Pinheiro e outros municípios da Baixada Maranhense tiveram a oportunidade, neste fim de semana, de conhecer os modelos de montadoras asiáticas comercializadas pela Concessionária Auvepar: Kia, Chery e Lifan. Numa ousada estratégia de marketing, a empresa montou na cidade um feirão, cujo resultado foi satisfatório para as vendas concluídas e de muito otimismo para os negócios futuros, já que o interesse demonstrado por essas marcas superou todas as expectativas.

Exportação - A participação do arroz brasileiro no mercado internacional nos próximos dois anos terá um ponto de partida em planejamento e ações nesta terça-feira (25), com realização, em Porto Alegre (RS), de um encontro para ranqueamento de mercados pelo projeto Brazilian Rice, desenvolvido pela Associação Brasileira da Indústria do Arroz (Abiarroz) e Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) a fim de incentivar a participação do cereal nacional no mercado externo.

Nenhum comentário: