25 de jul de 2017

Na hora de demitir Helena Duailibe, Edivaldo Holanda Júnior teve o mesmo comportamento de João Castelo

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), que não perde uma oportunidade para criticar seu antecessor João Castelo, mesmo depois de morto, usou a mesma tática deste na hora de demitir sua secretária de Saúde, que, por coincidência era a mesma pessoa, a médica Helena Duailibe.

Em 2008, Helena fez de tudo para garantir o apoio do PSB a João Castelo e este lhe deu a vaga de vice na chapa que derrotou Flávio Dino. Empossado, Castelo deu a Helena também a Secretaria Municipal de Saúde, mas meses depois tomou-lhe o cargo e esta ficou sabendo da exoneração pelas redes sociais. Ela estava numa missa, sem saber o que era do conhecimento de toda a cidade.

Nesta segunda-feira (24), foi a vez de Edivaldo Holanda demitir Helena, mas, a exemplo de Castelo, não teve coragem de encará-la de frente, de falar olhando olhos nos olhos, preferiu mandar o secretário J. Ponta transmitir o patético recado de  que "estava cumprindo ordens superiores", quando se sabe que na hierarquia da administração municipal o posto mais alto é o de prefeito, mas todos entenderam o que isto significa: Palácio dos Leões, ou seja, o prefeito virou subalterno do governador Flávio Dino (PCdoB). Que triste!

Nenhum comentário: