27 de jul de 2017

Notícia da Secap sobre apoio do Governo ao Moto e ao Maranhão contém cinco erros de informação. Incrível!

Impressionante como uma notícia oficial, distribuída pela Secretaria de Comunicação e Articulação Política (Secap) reúna tantos erros quanto a sobre liberação dos certificados para que Moto Club e Maranhão Atlético Clube possam captar patrocínio pela Lei de Incentivo ao Esporte e à Cultura.

A crítica não é sobre os deslizes de pontuação e outras regras gramaticais, mas de informação, de desconhecimento. O mais curioso é que jornais, blogs, sites etc divulgam esse tipo de texto na íntegra, só para caírem na ridicularização dos leitores que têm o mínimo de informação.

Confira os deslizes da Secap:
  • A entrega do Certificado de Mérito Esportivo, feita pelo secretário de Estado do Esporte e Lazer, Márcio Jardim, na sede da Sedel, marcou a concretização do apoio aos dois clubes maranhenses que irão disputar a série B e D do Campeonato Brasileiro, respectivamente. Os dois clubes receberão o total de investimento que soma R$ 400.000".
  • Somente neste parágrafo, dois erros. Primeiro: os clubes não irão disputar, já estão disputando e as competições já passam da metade. Segundo erro, o Moto não disputa a Série B, mas a Série C.
  • “O Governo do Estado do Maranhão, através da Lei de Incentivo ao Esporte, mais uma vez apoia o Moto Club. O auxílio financeiro chega em momento decisivo rumo a série B. O MAC também recebeu apoio do governo na luta pelo acesso a série D do brasileirão. O governo Flávio Dino tem investido muito no futebol maranhense”, disse o secretário Márcio Jardim. 
  • Custa acreditar que um secretário de Esporte tenha dado esta declaração, pois o Maranhão não está lutando pelo acesso à serie D, pois nela já se encontra. O MAC, na verdade, luta pelo acesso à Série C.
  • O técnico do Moto Club, Célio Sérgio, disse que o apoio da Sedel é fundamental. “Sem o apoio do governo é impossível fazer futebol no Maranhão”, disse o técnico.
  • Célio Sérgio nunca foi técnico do Moto. Ele é presidente do clube.
Para completar os erros, a legenda: "Secretário Márcio Jardim entre oficialização de apoio ao presidente do Moto Célio Sérgio". Não se sabe o que significa o "entre", porém dá para perceber que quem está na foto não é o presidente do Moto, mas do Maranhão, que veste uma camisa do time, com o emblema bem à vista (veja a ilustração)

Um comentário:

Anônimo disse...

Márcio Jardim é um dos piores secretários de Flávio Dino, primeiro por suas parcas qualidades morais notórias, segundo pela sua pouca capacidade de trabalho e terceiro pelo seu interesse maior na política partidária, que sendo do PT não inspira muitos bons presságios.