13 de jul de 2017

Nova mudança no calendário da Expoema cria incerteza entre agropecuaristas se ainda vale a pena o evento

Palco da Expoema encontra-se em estado de abandono, mas secretário da
Agricultura garante que ela será realizada na primeira semana de setembro
Os agropecuaristas devem estar tontos com tantas informações desencontradas sobre a 60ª Exposição Agropecuária do Maranhão (Expoema), cancelada ano passada, anunciada este ano para Bacabal, depois para Santa Inês e agora dizem que será em São Luís, no mesmo local em que por muitos anos foi realizada, mas está em estado de abandono, o Parque Independência.

Se não bastasse a dúvida quanto ao local, agora surge a incerteza também sobre quando será realizada, pois antes marcada para a primeira semana de setembro, em Santa Inês, o calendário foi mudado pelo presidente da Associação dos Criadores do Maranhão (Ascem), Ivaldeci Mendonça, para a última semana de outubro ou a primeira semana de novembro, mas nesta quinta-feira (13), o secretário de Agricultura, Márcio Honaiser, informou que ela será em setembro, porque em outubro começam as obras do condomínio para servidores públicos no Parque Independência.

Criadores estão em dificuldades para selecionar animais para a exposição
As mudanças só prejudicam o evento, pois criam falsas expectativas nos expositores, e alguns ruralistas defendem até seu adiamento, pois está praticamente inviabilizado e se realizado será um evento sem as características das versões anteriores.

Fazendeiros de outros estados, bem como do próprio Maranhão, terão curto tempo para preparar os animais que colocarão em exposição, não há tempo de elaborar leilões, sem falar no retardo da liberação dos estandes, até porque para sua montagem o parque precisa passar por uma ampla reforma, já que está em estado de abandono, desde o ano passado quando foi reintegrado ao patrimônio do estado. Leia reportagem em Maranhão Hoje.

Nenhum comentário: