30 de ago de 2017

Weverton Rocha arremessa livro na direção de senador para mostrar que maranhense também é cabra macho

O deputado Weverton Rocha, líder do PDT na Câmara, protagonizou uma das cenas mais bizarras na sessão do Congresso Nacional, nesta terça-feira (29), quando chegou a perder o equilíbrio emocional e arremessou sobre a mesa diretora dos trabalhos um livro.

A confusão começou quando entrou em votação o veto do presidente Michel Temer ao artigo do projeto de lei que cria o Cartão Reforma (MP 751/2016) que destinava 20% dos recursos para famílias rurais e os limites da parcela de recursos destinados à assistência técnica no campo, uma emenda do deputado Hildo Rocha (PMDB-MA).

No momento em que a confusão começou, quem presidia a sessão era o também maranhense senador João Alberto (PMDB), que negou uma questão de ordem ao deputado pedetista. Gerou-se então um bate-boca e quando reassumiu os trabalhos, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), desligou o microfone de Wewerton e este jogou sobre a mesa um exemplar do regimento da Câmara.

Mais tarde, o deputado foi à tribuna para mostrar que no Maranhão também tem cabra macho como no Ceará, ao dizer que o estado recebeu muitos cearenses e, apesar de ter acolhido bem os retirantes e manter com eles boa convivência, aqui também "tem homens que não baixam a cabeça para outro". Depois desafiou o senador a abrir uma investigação contra ele e para encerrar mandou Eunício voltar para o seu Ceará.

Nenhum comentário: