7 de ago de 2017

Dados da Emap indicam que o movimento de cargas no Itaqui teve uma queda de 7,68% na comparação com 2016

A Agência Nacional de Transporte Aquaviário (Antaq) vai divulgar nesta quinta-feira (11) o balanço da movimentação de cargas nos portos brasileiros no primeiro semestre deste ano, mas a Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), responsável pelo Porto do Itaqui, numa reportagem publicada pelo jornal O Imparcial neste domingo (06) antecipou seus números, e eles indicam uma queda na comparação com o mesmo período de 2016.

De acordo com os números da Emap, de janeiro a junho deste ano houve uma movimentação de 8,9 milhões de toneladas no Itaqui (embarques e desembarques), resultado, em grande parte, devido a exportação de grãos, especialmente soja, que este ano teve um crescimento extraordinário da safra. Na comparação com os mesmos meses do ano passado, quando foram transportadas 9,6 milhões de toneladas, o movimento no porto sofreu uma queda de 7,68%, ou seja, mais de 700 mil toneladas a menos.  Este é o pior desempenho desde 2015.

Veja como foi o movimento de cargas no Porto do Itaqui no primeiro semestre dos últimos quatro anos em toneladas:

  • 2014 - 8.088.699
  • 2015 - 10.306.575
  • 2016 - 9.641.481
  • 2017 - 8.900.000 (arredondados pela Emap)

Nenhum comentário: