5 de ago de 2017

Flávio Dino bota Roseana Sarney numa sinuca de bico ao desafiá-la para disputar o Governo do Estado em 2018

Resultado de imagem para flavio dino
Por mais que tenha afirmado dezenas de vezes que ainda não decidiu se concorrerá novamente ao Governo do Estado, em 2018, possibilidade que é mais propagada por seus aliados políticos, a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) terá dificuldades para sair da sinuca de bico onde lhe botou o governador Flávio Dino (PCdoB), candidato à reeleição, pois este já fez e ratifica o desafio para ela vir disputar o cargo, pois a considera a melhor adversária.

A verdade é que a hesitação de Roseana incomoda seus correligionários, muitos deles ansiosos por sua presença nos palanques para terem sobrevivência política e outros na esperança de recuperarem os espaços perdidos na esfera do governo, o que parece um jogo perigoso, já que até aqui não foi criado um plano B no caso de desistência da ex-governadora e uma candidatura de improviso vai dar ao comunista facilidades para renovar o mandato, talvez até com mais folga do que foi sua eleição em 2014.

Se aceitar o desafio, Roseana terá de vir com farta munição, para não perder, a menos que tivesse o desprendimento de outros políticos que entram na campanha apenas para favorecer os aliados e manter a chama viva. Uma segunda vitória de Flávio Dino significaria a reprovação total do Grupo Sarney e a orfandade de todos que sempre orbitaram por ele. Vale destacar que eles dois já tiveram um embate, em 2010, e ela venceu no primeiro turno, sendo que em 2014 o adversário do atual governador foi Lobão Filho (suplente de senador).

Se não aceitar, por mais que tenha um rosário de desculpas - saúde, recriar a vida familiar, cuidados com a idade avançada dos pais, cansaço imposto pela idade etc - a ex-governadora terá dificuldades para não ficar a imagem de "medrosa", de ter previsto com bastante antecedência a derrota, e para cuidar disto o governo tem uma máquina azeitada nas redes sociais e outros veículos de comunicação, onde algumas pessoas (jornalistas, radialistas, blogueiros, ativistas) hoje em dia têm apenas uma ocupação: desconstruir a biografia de quem ousar desafiar o Palácio dos Leões, e para isto ganham muito bem.

O prazo final para essa decisão, segundo Roseana, é o começo de 2018. Até ela terá de estudar com paciência a jogada que vai dar para empurrar a bola 51 para a caçapa ou cometer "suicídio", como se diz no jogo de sinuca.

Nenhum comentário: