6 de ago de 2017

São Domingos prepara-se para se tornar um hospital de referência em tratamento de câncer no Norte e Nordeste

GIRO ECONÔMICO

Até o final do ano, duas câmaras de aceleradores lineares (radioterapia) entram em funcionamento no Hospital São Domingos, o que pode torná-lo referência regional em serviços de Oncologia. Na interpretação do seu fundador, Hélio Mendes, isto vai contribuir para acabar com o sofrimento de muitas pessoas, já que o tratamento de câncer, principalmente quando buscado fora do estado, não debilita apenas o paciente, mas os que precisam acompanhá-lo e isto muitas vezes implica até no consumo de um patrimônio familiar construído com muito sacrifício. 

Ele diz ainda que com a entrada em funcionamento dessas câmaras, o hospital estará completo para atender quaisquer procedimentos na cura do câncer, e o que é mais importante: dispõe da melhor equipe para os diagnósticos precoces e o tratamento preventivo.

Quinta-feira (03), ao comemorar os 28 anos do HSD, com recebimento do certificado de acreditação da canadense Qmentum na categoria Diamante, Hélio Mendes disse que para montar essa estrutura, deixou o jaleco de lado e caiu em campo em busca de recursos e para monitorar obras que, segundo ele, nunca vão parar, pois o São Domingos sempre estará crescendo.

Inflação - A cesta básica de alimentos em São Luís teve aumento, em julho, de 0,57%, e passou a custar R$ 367,59, mas ainda é o nono menor valor entre as 27 capitais brasileiras, segundo números divulgados nesta sexta-feira (04) pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Em 12 meses, a variação foi de -4,43% e, nos últimos sete meses, de 3,24%. O custo da cesta em São Luís compromete 42,64% do salário mínimo líquido, ou seja, menos da metade da remuneração.

Aniversário - Para comemorar seu aniversário, este mês, quando completa 135 anos de fundação, a Associação Comercial do Maranhão programou uma série de palestras relacionadas com o tema “O Desenvolvimento Econômico sob o Olhar Empresarial”, em que serão abordados os temas sistema tributário, inovação e infraestrutura, com renomados profissionais dessas áreas. As ideias defendidas e os dados apresentados pelos palestrantes serão reunidos num documento a ser apresentados às autoridades públicas.

Banco da Amazônia - O superintendente do Banco da Amazônia, Gilberto Pires, vai passar a semana no interior do estado, empossando novos gerentes das agências de Alto Parnaíba, Coroatá e Vitória do Mearim, e no sábado participa das festividades pelos 35 anos da instituição. 



Rubens Covello (E), da certificadora canadense Qmentum, e o casal Hélio e Maria Antônia, na comemoração da certificação Diamante para o Hospital São Domingos, quinta-feira (03), na Federação das Indústrias



Convênio - A exemplo da Federação do Comércio, a Federação das Indústrias fechou convênio com a Junta Comercial do Maranhão (Jucema) a fim de um compartilhamento de seus bancos de informações para melhorar os serviços de orientação à classe empresarial. Uma das cláusulas desse acordo firmado com a Fiema diz respeito à exigência para que todas as empresas interessadas em participar do Programa de Desenvolvimento de Fornecedores (PDF) devam ter seus contratos sociais registrados na Junta.

Sangue - Antônio Gaspar, fundador do laboratório que leva seu nome, vendido ao grupo multinacional Diagnósticos da América (Dasa), numa das maiores transações no setor de saúde, está de volta ao mercado, agora como criador do primeiro banco de sangue privado do estado, Haima (sangue em grego). Com estrutura montada no bairro do Apicum, o empresário visa a suprir, com esse negócio, dificuldades no fornecimento de sangue, sobrecarregado no Hemomar, atendendo preferencialmente a rede privada.

Nenhum comentário: