16 de ago de 2017

Inflação da região Nordeste teve em julho o menor valor para o mês desde 2014, segundo levantamento do Etene


Resultado de imagem para inflaçao
GIRO ECONÔMICO

A Região Nordeste apresentou em julho inflação de 0,26%, menor valor para o mês, desde 2014, quando foi registrada deflação de preços em 0,36%, menor do que alcançado no Brasil, pois o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) registrou ficou em 0,24%. O grupo habitação, de impacto mais relevante na formação do indicador inflacionário da Região, apresentou elevação de preços (1,40%), entretanto quatro dos nove grupos pesquisados apresentaram deflação, com destaque para artigos de residência (-0,60%) e alimentos e bebidas (-0,05%). 

A inflação nordestina acumulada do ano está em 1,91%, percentual muito inferior aos 5,75% referente ao mesmo período do ano anterior e no acumulado dos últimos 12 meses, terminados em julho, a inflação regional (3,32%) apesar de apresentar crescimento dos preços acima dos níveis nacionais (2,71%), supera novamente o recorde observado no acumulado de junho.

Esta é a inflação anualizada mais baixa já calculada desde dezembro de 2008, quando se iniciou a pesquisa do Escritório de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene) para a região, a partir de dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Fechamento - Complicou a situação para moradores de Parnarama e Matões, na região dos Cocais, que necessitam de serviços bancários, sejam comerciantes, correntistas pessoas físicas e, principalmente, dependentes de programas sociais. É que o Banco do Brasil, cumprindo seu programa de fechamento de postos de atendimento no estado, desativou a agência no primeiro município e o problema se agravou porque paralelo a isso a do segundo está com serviços suspensos depois de ser atingida por bandidos que destruíram suas instalações.

Mutirão - Um mutirão de voluntários da Vale e moradores da Vila Conceição, em São Luís, garantiu a reforma da União de Moradores da comunidade, onde funciona o Projeto Ciranda da Educação, que consiste em apoiar o desenvolvimento educacional de 45 crianças e adolescentes. Com a proximidade do retorno às aulas, as atividades tiveram foco na limpeza e reforma do local. Além dos voluntários da mineradora e moradores, em especial pais de crianças, a ação contou com apoio dos professores da escolinha.

Pagamento do ITR - A Receita Federal liberou o programa de declarações do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (DITR) de 2017. O prazo para entrega é até 29 de setembro e a previsão é que sejam entregues 5,4 milhões de declarações. A multa por atraso é de 1% ao mês calendário ou fração sobre o imposto devido, não podendo ser inferior a R$ 50,00.




O presidente da CDL de São Luís, Fábio Ribeiro, no registro com a presidente da Federação dos Lojistas do Maranhão, Socorro Noronha, recebe hoje, a partir do meio-dia, no Grand São Luís, empresários para um debate sobre a reforma fiscal


Patrocínio -
 O Banco da Amazônia pretende ser um dos patrocinadores da 60ª Exposição Agropecuária do Maranhão (Expoema) e já entrou em entendimentos com a Associação dos Criadores para garantir sua participação no evento, estando as tratativas neste momento dependendo do valor a ser pedido e o que pode resultar de retorno, ou seja, o banco quer garantias de movimentação no Parque Independência a fim de financiar compras de animais, equipamentos e máquinas agrícolas e outros produtos.

Retração - As vendas a prazo na semana do Dia dos Pais caíram -2,18% na comparação com o mesmo período do ano passado, segundo dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). Apesar de ser o quarto ano consecutivo em que o indicador fica no negativo, a retração foi menos intensa que o verificado anteriormente. Nos últimos anos, as variações haviam sido de -7,15% (2016), -11,21% (2015), -5,09% (2014), 3,78% (2013), 4,75% (2012), 6,86% (2011) e 10% (2010).

Nenhum comentário: