2 de ago de 2017

Maioria dos deputados do Maranhão vota contra autorização para STF investigar Michel Temer: 11 a 7

A bancada maranhense na Câmara Federal votou, em sua grande maioria, contra a autorização para que o Supremo Tribunal Federal abrisse investigação contra o presidente Michel Temer, que foi denunciado pelo procurador-geral de Justiça, Rodrigo Janot, por corrupção passiva, envolvido que foi nas delações do empresários Joesley Batista, do Grupo J&F.

O relatório aprovado na Comissão de Constituição e Justiça, de autoria do deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG) tende ser aprovado pela grande maioria, o que significa dizer que o presidente continuará seu mandato até 31 de dezembro de 2018, salvo caso apareça uma nova denúncia e esta seja acatada, ou haja um impeachment.

Votaram a favor do presidente:

  • Aluízio Mendes (Podemos)
  • André Fufuca (PP)
  • Cleber Verde (PRB)
  • Hildo Rocha (PMDB)
  • João Marcelo (PMDB)
  • José Reinaldo Tavares (sem partido)
  • Júnior Marreca (PEN)
  • Juscelino Rezende (DEM)
  • Pedro Fernandes (PTB)
  • Sarney Filho (PV)
  • Victor Mendes (PSD)

Votaram contra:

  • Deoclides Macedo (PDT)
  • Eliziane Gama (PPS)
  • Luana Costa (PSB)
  • Rubens Júnior (PCdoB)
  • Waldir Maranhão(PP)
  • Wewerton Rocha (PDT)
  • Zé Carlos (PT)

Nenhum comentário: