16 de ago de 2017

Ministério Público ainda não marcou as datas para realizar audiências públicas do Residencial Independência

O Ministério Público ainda não marcou as datas para realização das audiências públicas, obrigatórias para todo tipo de obra que provoque grandes impactos ambientais, sociais e econômicos numa comunidade, para que as obras do Residencial Independência sejam autorizadas, mas a Secretaria das Cidades e Desenvolvimento Urbano dá a entender que o projeto está a todo vapor, inclusive deverão ser abertas em breve as inscrições para os futuros mutuários. Além disso, anexo ao conjunto habitacional com mais de 2 mil residências, será construída uma vila para estudantes do interior que frequentam cursos da Universidade Estadual do Maranhão (Uema).

Vale destacar que o residencial será construído no Parque Independência, localizado no São Raimundo. O surgimento desse conjunto vai provocar uma grande alteração na vida de quem vive no bairro e adjacências, até porque serão, em média, 10 mil novos habitantes na área. Além disso, o residencial estará próximo da pista de pousos e decolagens do Aeroporto Marechal Hugo da Cunha Machado, e por tudo isto deve merecer um amplo debate com quem terá sua rotina alterada.

O Parque Independência está fechado desde maio de 2016 e deverá passar por uma ampla reforma nos próximos dias a fim de ser realizada a 60ª Exposição Agropecuária do Maranhão (Expoema), no mês de outubro, e logo após o evento deverá ser destruído para que as obras do habitacional sejam iniciadas. O Governo do Estado está investindo R$ 1,3 milhão nesta exposição.

Um comentário:

Oskar Glauber disse...


Thanks for sharing your thoughts about %meta_keyword%. Regards all of craigslist