11 de ago de 2017

Supersafra de grãos no Maranhão está confirmada pela Conab em sua nova estimativa da colheita deste ano

GIRO ECONÔMICO

Mais uma boa notícia foi divulgada nesta quinta-feira (10) na área econômica no Maranhão. A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) confirma uma supersafra de grãos para este ano no estado. Serão colhidas 4,790 milhões de toneladas, o que representa um aumento de 93% na comparação com a colheita do ano passado, que foi de 2,481 milhões de toneladas. 

O bom resultado é fruto tanto do aumento da área plantada, que foi de 1,420 milhão de hectares em 2016 para 1,565 milhão de hectares este ano, o que dá uma variação de 10,2%, quanto da produtividade, já que na safra passada o desempenho era de 1,748 mil quilos por hectare e este ano os agricultores estão obtendo 3,061 mil quilos por hectare e isto representa um crescimento de 75,1%, graças as condições climáticas favoráveis e aos investimentos em novas tecnologias.

Quanto ao desempenho das culturas, a Conab destaca a colheita de soja, que será de 2,473 milhões de toneladas, 97,8% a mais que a colheita de 2016, que foi 1,250 milhão de toneladas, e do milho, que chegou a um aumento de 123%, já que ano passado foram colhidas 874,4 toneladas e este ano a colheita será de 1,951,9 milhão. Leia reportagem completa em Maranhão Hoje.

Energia - Os diretores executivos da EDP Eduardo Guilherme Santarelli (Meio Ambiente), Luiz Carlos Piassi (Assuntos Institucionais) e Vitor Hugo Silva (Financeiro) foram recepcionados terça-feira (08) na Federação das Indústrias (Fiema), onde detalharam os investimentos que serão feitos para ampliar a rede básica dos municípios de São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa, após o arremate dos lotes 07 e 11 no último leilão realizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Lucro - O Banco do Brasil registrou lucro líquido ajustado de R$ 5,2 bilhões no primeiro semestre deste ano, segundo o balanço divulgado nesta quinta-feira (10). Em comparação com o mesmo período de 2016, houve crescimento de 67,3%. No segundo trimestre (abril, maio e junho) o lucro ficou em R$ 2,62 bilhões, um aumento de 7,2% em comparação com os primeiros três meses do ano. O banco fechou junho com uma carteira de crédito de R$ 696,1 milhões, 1,1% a mais em relação ao primeiro trimestre.

Eleição - A aprovação do Distritão preocupa muitos deputados, pois se a regra de eleição dos mais votados tivesse valido em 2014 estariam hoje sem mandato na Assembleia, Wellington do Curso (PP), Cabo Campos (PSB) e Levi Pontes (PCdoB) e os federais Júnior Marreca (PEN), Luana Alves (PSB), André Fufuca (PP) e Aluísio Mendes (Podemos).






Prestigiando a inauguração do Eco Marajá, quarta-feira (09), em Coroatá, o empresário Evandro Watanabe (E), da Frango Americano, com o secretário Simplício Araújo (Indústria e Comércio) e o empresário Jeová Barbosa de Oliveira



Americano - O proprietário da Frangos Americano, Evandro Watanabe, garantiu nesta quarta-feira (09) que em breve as obras de construção de um frigorífico em Coroatá serão retomadas, já que houve uma paralisação por conta da crise econômica, mas assegura que até 2019 ele entra em operação e vai gerar cerca de 3 mil empregos diretos e indiretos na região, pois, além dos contratados pela sua empresa, haverá oferta de empregos nas granjas que irão abastecer o frigoríficos, no transporte de frangos, venda de rações etc.

Asfalto  - No discurso feito quarta-feira (09) em Coroatá, na entrega do Eco Marajá, construído pelo Minha Casa Minha Vida, o governador Flávio Dino (PCdoB) fez questão de destacar quem sugeriu a ele investir no asfaltamento de seis quilômetros de ruas na cidade: Jeová Barbosa de Oliveira, da Jeová Barbosa Engenharia, responsável pelo empreendimento, que num encontro em São Paulo lembrou que esse era o único detalhe que faltava para o Ministério das Cidades autorizar a entrega das casas e uma das ruas asfaltadas passa em frente ao habitacional.

Nenhum comentário: