7 de ago de 2017

Vendas de autos aumentaram 1,9% no mês de julho, segundo dados da Associação de Fabricantes de Veículos

GIRO ECONÔMICO

As vendas de veículos subiram 1,9% em julho em comparação com as do mesmo período do ano passado. No mês passado, foram vendidas 184.800 unidades contra as 181.400 de julho de 2016. Na comparação com junho, houve queda de 5,2%, com a venda de 195 mil unidades. No acumulado do ano, foram licenciadas 1.204.260 unidades, o que representa alta de 3,4% ante as 1.164.940 do mesmo período do ano passado. 

Segundo a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), a produção cresceu 17,7% no último mês, com 224.763 novas unidades ante as 190.612 de julho do ano passado. Em relação a junho houve aumento de 5,9%. No acumulado de janeiro a julho, foram produzidas 1.488.041 unidades, 22,4% a mais do do que no mesmo período de 2016.

Quanto às exportações, o mês de julho registrou queda de 2,4%, ao passar de 67.360 unidades para 65.722. Entretanto, na comparação com julho do ano passado, as vendas para comércio externo registraram aumento de 42,5% e no acumulado do ano, 55,3%, ao passar de 283.054 unidades para 439.586.

Audiências - O Ministério Público deve anunciar esta semana as datas de realizações das audiências públicas para que a sociedade possa opinar sobre a execução de duas importantes obras do Governo do Estado que vão trazer grandes impactos para a população: ampliação e readequação da Avenida Litorânea, que já foi transformada numa rodovia estadual, e a construção de um conjunto habitacional no Parque Independência, que vai trazer uma série de mudanças na vida de quem reside no entorno dessa área do São Raimundo.

Turismo - Apesar da incompreensão de alguns, a cobrança de uma taxa (simbólica de apenas R$ 2,00) pela Prefeitura de Barreirinhas, para o turista ter acesso ao Parque dos Lençóis, esta é uma pratica comum em todos os destinos turísticos. No Rio de Janeiro, cobra-se para ir ao Cristo Redentor e ao Pão de Açúcar, e até mesmo no Maranhão há cobranças que estão em valores só encontrados em destinos internacionais, como é o caso de Riachão, onde o acesso ao Lago Azul não sai por menos de R$ 50,00.

Jovem - Foi lançado, semana passada, em Caxias, o Identidade Jovem (ID Jovem), documento de identificação para jovens na faixa etária de 15 a 29 anos, com renda social menor que dois salários mínimos, que garante benefícios, como meia entrada em eventos culturais, futebol, cinema e meia passagem em viagens interestaduais.





O Secretário de Turismo de Caxias, Fernando Santos, o prefeito Fabio Gentil, o vice-prefeito Paulo Marinho Junior, o Secretário Nacional de Juventude, Assis Filho, e o coordenador de Juventude, Análio Júnior, no lançamento ID Jovem em Caxias




Itaqui - Apesar de a divulgação, pela Agência Nacional de Transporte Aquaviário (Antaq), do movimento de cargas nos portos brasileiros no primeiro semestre estar prevista somente para a próxima quinta-feira (11), a Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap) se antecipou em dar os números do Itaqui. De acordo com os dados arredondados, de janeiro a junho, foram 8,9 milhões de toneladas, desempenho que se deve em grande parte ao crescimento das exportações de soja e outros grãos.

Concessão - O empresário Antônio Hilluy Nicolau voltou a surpreender o mercado automotivo neste final de semana. Dezesseis dias após ter comunicado que seria o novo concessionário da montadora alemã BMW, ele desistiu do negócio, após encomendar um estudo de viabilidade em São Paulo, que não lhe deu muito entusiasmado, pois teria de fazer um alto investimento para ter retorno somente três anos depois, por isto optou por continuar investindo em revenda de combustíveis, pecuária e num moderno centro comercial.

Nenhum comentário: