17 de set de 2017

Administração de Edivaldo Holanda é mais bem avaliada do que a de Flávio Dino, segundo pesquisa Escutec

Por um erro de interpretação deste repórter, houve uma avaliação equivocada sobre os índices de aprovação do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), e do governador Flávio Dino (PCdoB) mostrados pelo Instituto Escutec, por isto a postagem foi revisada e atualizada.

De acordo com os números da pesquisa encomendada pela Rádio Difusora AM, divulgada neste sábado (16), em que foram mensuradas as intenções de voto dos eleitores do Maranhão para a eleição de presidente, governador e senadores, em que aparecerem como prováveis vencedores, Luiz Inácio Lula da Silva (presidente), Roseana Sarney (governadora) e Sarney Filho e Edison Lobão (senadores), ambos os governantes são reprovados pelos entrevistados.

Segundo os números, 46,6% dos maranhenses aprovam o governo de Flávio Dino, porém 49,8% reprovam, enquanto 3,6% não souberam ou não quiseram responder. Já com relação a Edivaldo, sua administração é aprovada por 43,6% e reprovada por 51,8%, enquanto 4,3% não sabem ou não quiseram responder. Os 58,7% de aprovação e os 37,4% de reprovação referem-se à avaliação dos prefeitos em geral nos 60 municípios onde os questionários foram aplicados. Quanto aos demais quesitos mantêm-se, e por eles, Edivaldo tem notas melhores que o governador, embora no geral,  Flávio Dino se saia menos ruim.

No quesito Ótimo, Flávio Dino foi mencionado por 3,9% dos entrevistados, enquanto Edivaldo Holanda por 8,4%. Consideram o governo de Flávio Dino Bom, 20,7%, e o de Edivaldo é considerado assim por 27,6%. Já para o quesito Péssimo, a nota é dada a Flávio Dino por 20,2% e para Edivaldo por 16,9%, os que acham o governo de Flávio Dino Ruim são 15% e o percentual para Edivaldo é de 13,3%. Para 36,5% dos entrevistados, Flávio Dino faz um governo regular, o mesmo conceito é dado a Edivaldo por 30,4%.

(Atualizada às 21h33 de 17/09/17)

Um comentário:

Paulo Feitosa disse...

Não dá para acreditar nessa pesquisa, pois quem tem feito o trabalho da prefeitura é o governo do estado. Após as eleições o prefeito sumiu e Flávio Dino assumiu o comando municipal e isso é visível.