1 de set de 2017

Associação Comercial apresenta sugestões nas áreas de economia e urbanismo ao poder público

GIRO ECONÔMICO

Ao discursar, quarta-feira (31), na solenidade de aniversário da Associação Comercial, que ele preside, o empresário Felipe Mussalém mencionou as contribuições que a entidade vai apresentar às autoridades estaduais e municipais como resultado dos debates que ali foram realizados ao longo de agosto com especialistas em Urbanismo, Direito e Economia. Dos problemas da cidade, foi citado o elevado da Cohama como carente de uma mexida urgente na circulação dos veículos, pois isto estaria estrangulando o trânsito da cidade. 

Quanto à área econômica, disse que vão ser apresentadas sugestões para tornar ainda mais abrangente o Programa Mais Empresas do Governo do Estado e sugeriu uma mudança do Código Tributário. Mussalém espera que essas contribuições ajudem a melhorar as condições de vida da população e impulsionar a economia do estado.

De acordo com o presidente da ACM, embora mantenha a tradição de independência em relação ao poder público, nunca vai se furtar de colaborar com as autoridades, com o respaldo de ser a mais tradicional representante do empresariado local.

Relacionamento - Ao mencionar as relações de empresários e o Estado nos tempos atuais, o secretário estadual de Governo, Antônio Nunes, que representou o governador Flávio Dino na solenidade em que foram comemorados dos 163 anos da Associação Comercial, lembrou o episódio em que a diretoria da entidade se rebelou contra o interventor Juarez Távaro, nos anos 1940, e isto criou uma cisão entre a classe produtiva e o poder público, passagem que teve como ocorrência maior a prisão de boa parte da diretoria da ACM.

Embrapa - A Embrapa Cocais e a Prefeitura de Urbano Santos assinam, hoje, convênio de cooperação técnica, oportunidade em que haverá demonstração do Sistema Integrado Alternativo para Produção de Alimentos (Sisteminha Embrapa) e a Rede de Multiplicação e Transferência de Manivas-Semente de Mandioca com Qualidade Genética e Fitossanitária (Reniva). A cooperação engloba implantação dos sistemas integrados e alternativos para a produção de aves caipiras, agrícolas e fossas sépticas.

Gráfica - Nesta sexta-feira à noite, a diretoria da Associação Brasileira da Indústria Gráfica (Abigraf) faz a entrega do Prêmio Excelência Gráfica Norte e Nordeste ao empresário Roberto Carlos Moreira, proprietário da Sete Cores.


Roberto Moreira (E) recepciona na noite desta sexta-feira, no Grand São Luís Hotel, para comemorar a premiação em Excelência Gráfica, conquistado pela Sete Cores, empresa de sua propriedade. No registro com Raphael Abdalla, vice-presidente do Sindicato da Indústria Gráfica


Hotelaria - O turismo de São Luís, em especial as empresas de hotelaria, vão agradecer muito, e por vários meses, o proprietário das Óticas Diniz, Arione Diniz, pois ele foi o grande responsável pela alta taxa de ocupação na cidade, na segunda semana de agosto, ao realizar uma convenção com todos os franqueados e ainda promover uma mega festa pelos 25 anos da empresa, tendo como atração a cantora baiana Cláudia Leite. Segundo um hoteleiro, foram mais de cinco dias de ocupação em vários hotéis da cidade.

Menções - No pronunciamento feito quarta-feira (30), na solenidade em que foi homenageado pela Associação Comercial do Maranhão, o regente do Coral de São João, Fernando Moucherek, pediu permissão para saudar três empresários que para ele fazem a diferença no estado: Roberto Albuquerque, Edilson Baldez e Júlio Noronha. Também pediu permissão aos políticos para render homenagens a dois políticos pelos quais tem profunda admiração: o deputado Eduardo Braide e a ex-deputada Marly Abdalla.

Nenhum comentário: