3 de set de 2017

Cinco empresas maranhenses do ramo gráfico conquistam o troféu JCC de Excelência Gráfica

GIRO ECONÔMICO

Cinco empresas do setor gráfico maranhense conquistaram troféu de primeiro lugar no Prêmio José Cândido Cordeiro (JCC) da Excelência Gráfica no Norte e Nordeste, cuja solenidade de entrega ocorreu nesta sexta-feira (1º), em São Luís, no Grand São Luís Hotel. Na categoria de Livros Infantis e Juvenis, a Unigraf ficou em primeiro lugar com o trabalho Passeios pela História e Cultura do Maranhão, do escritor Wilson Marques; na categoria Jornais de Circulação não Diária, o prêmio foi para a Sete Cores, pelo Jornal do Governo do Maranhão; na categoria Revistas Periódicas de Caráter Variado sem Recursos Gráficos Especiais, ganhou a Lucena, pela edição Divino em Festa da revista Maranhão Turismo, editada por Léa Zaquel; na categoria Cartões de Visita, a Lucena também venceu, com o trabalho para a Eleve; e a Gráfica Ponto a Ponto venceu na categoria Produtos Próprios/Calendário.

Para o presidente do Sindicato da Indústria Gráfica do Maranhão (Sindgraf), Roberto Moreira (na foto à esquerda, com Raphael Abdalla, seu vice), este reconhecimento serviu para demonstrar que no estado são produzidos serviços da melhor qualidade neste setor.

Caixa - Mais uma empresa se prepara para deixar o já castigado Centro Histórico de São Luís, pois em breve a Superintendência Estadual da Caixa Econômica Federal, que funciona num vistosa casarão de paredes azulejadas na Rua de Nazaré (esquina com Rua do Egito e Praça João Lisboa), vai ser transferida para uma moderna construção que se encontra em fase de acabamento no bairro do Renascença, nas proximidades do Hiper Mateus e Colégio Reino Infantil. O prédio pertence ao empresário Lobão Filho.

Independência - As construtoras Conupus Construções e Amorim Coutinho se uniram para formação de um consórcio que será responsável pela construção de pelo menos oito condomínios residenciais previstos para o Parque Independência, sendo que boa parte das unidades habitacionais estará voltada para servidores públicos. Segundo Parmênio Júnior, diretor da Conopus, a previsão é que as obras comecem logo após o encerramento da 60ª Exposição Agropecuária do Maranhão (Expoema), a ser realizada de 14 a 21 de outubro. 

Eleições - Três conselhos que representam profissionais autônomos – Enfermeiros, Engenheiros e Agrônomos e Contabilistas - estão em processo de escolha dos novos diretores e conselheiros. Os candidatos já estão em campo a cata de votos e os pleitos devem ocorrer antes de dezembro.



Júnior Lisboa, Instrutor do Restaurante Escola do Senac, foi e vencedor do Concurso Gastronômico Profissional Enchefs, encerrado quarta-feira (31 de agosto), com o prato filé de pescada ao molho de cupuaçu, polenta de cuxá, pérolas de sagu e molho de bacuri


Senai - O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), órgão vinculado ao Sistema Federação das Indústrias (Fiema), vai encerrar suas atividades na área do Itaqui-Bacanga, em São Luís, onde conta com uma unidade do bairro do Sá Viana, num prédio cedido pela Vale. Segundo Edilson Baldez, presidente da Fiema, os cursos em fase final serão concluídos até dezembro e os alunos das demais etapas serão distribuídos para outras unidades. A informação é de que no imóvel funcionará uma unidade do Iema.

Paloma  - Uma das maiores redes de revenda de combustíveis no Maranhão, Postos Paloma, com 12 unidades – todas na Ilha de São Luís – deixou de ser exclusiva da Petrobras e passou a operar com bandeira própria, o próprio nome. Segundo seu proprietário, Antônio Hiluy Nicolau, a estratégia é ficar livre, no segmento de bandeira branca, para escolher a distribuidora que estiver praticando o menor preço, e com isto ser mais competitivo, o que nem sempre é possível quando se estar associado a marca exclusiva.

Nenhum comentário: