2 de set de 2017

Cotado para vice de Lula, presidente da Coteminas diz que só concorreria se fosse na chapa de um crítico do PT

GIRO ECONÔMICO

O nome mais cotado para compor uma provável chapa com Luiz Inácio Lula da Silva na disputa presidencial de 2018 é um dos grandes investidores no Maranhão, Josué Gomes da Silva, presidente da Coteminas, que é um dos sócios do Terminal de Grãos (Tegram) instalado no Porto do Itaqui. Ele é também filho do primeiro vice de Lula, José Alencar, mas para decepção dos que defendem seu nome para contrabalançar o programa esquerdista e populista do PT, ele já declarou que não pretende ser candidato a vice, talvez até aceitasse, desde que o convite partisse de outro empresário, Flávio Rocha, presidente do Grupo Guararapes, controlador da Rede Riachuelo, por sinal um dos maiores críticos de Lula e do PT. “Se ele se lançasse à Presidência, meu voto seria dele; se me convidasse para vice, eu aceitaria”, disse Josué da Silva sobre Rocha, acrescentando que fora disso vai se manter 100% focado nas suas empresas.

A insistência pelo nome do empresário é porque o PT já traçou o cenário da próxima eleição e sabe que um discurso de centro-direita terá mais chances de vitória, portanto Lula precisa ter algo em que se apoiar para cativar essa parcela do eleitorado.

Mateus - Por conta da campanha de quinta-feira (31 de agosto) em que todas as lojas estavam com produtos em preços promocionais, o Mateus Supermercados foi obrigado a mudar até a estrutura de alguns pontos de venda refinados, como o Hiper Renascença, que fechou seu Gourmet Spazio, onde há degustação de vinhos e outras bebidas finas, pois estava todo tomado de clientes. Como observou um tradicional frequentador da loja, parecia as filiais populares do João Paulo, São Cristóvão, Vinhais e Cidade Operária.

Turismo - São Luís vai entrar numa nova rota de turismo a partir de 2018, embora não seja por atividades prazerosas - lazer, cultura ou negócio – mas de saúde, por conta das estruturas montadas pelos hospitais Aldenora Bello e São Domingos para tratamento de câncer. O vice-presidente da Fundação Antônio Jorge Dino, Antônio Dino Neto, diz que os investimentos vão colocar São Luís como referência em Oncologia no Norte e Nordeste e isto vai atrair pessoas de outros estados em busca de cura na capital maranhense.

Confronto - Para consultoria Eurásia, o melhor cenário para o Brasil em 2018 seria um confronto entre o ex-presidente Lula e o prefeito paulistano, João Dória, pois o debate sobre as reformas ficaria mais claro, e levaria o povo brasileiro a optar por um plano moderno ou um mais conservador. 









Na solenidade de homenagem aos 40 anos da Fundação Antônio Jorge Dino, pela Assembleia Legislativa, o momento em que a presidente da instituição, Enide Dino, recebia uma placa do deputado Wellington do Curso



Gastronomia - Dois alunos e uma instrutora do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) foram premiados no Encontro Maranhense de Chefs (Enchefs), encerrado nesta quarta-feira (31). Os alunos Simão Moraes, do curso de Panificação, e Glauco Montelo, de Confeitaria, venceram nas categorias Padeiro Amador e Confeiteiro Amador, respectivamente. Já a instrutora de Alimentos do Centro de Educação Profissional e Tecnológica do Distrito Industrial, Nataliene Câmara, conquistou o segundo lugar.

Designer - A Câmara Federal analisa o Projeto de Lei 6808/17, do deputado Antonio Carlos Mendes Thame (PV-SP), que regulamenta a profissão de designer, que seria o profissional que desempenha atividade especializada de caráter técnico-científico, criativo e artístico para a elaboração de projetos de sistemas, produtos e/ou mensagens visuais que atendam às necessidades do usuário. O Congresso já aprovou, em 2015, proposta regulamentando a profissão, mas o texto foi vetado pela ex-presidente Dilma.

Nenhum comentário: