29 de set de 2017

Técnicos da Conab orientam extrativistas maranhenses sobre política de preço mínimo da Sociobiodiversidade

GIRO ECONÔMICO

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) começou, pelo Maranhão e Minas Gerais, e pretende levar a todos estados do país, até o final do ano, informações sobre a Política de Garantia de Preços Mínimos para Produtos da Sociobiodiversidade (PGPM-Bio). A iniciativa, em parceria com a Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead) e o Ministério do Meio Ambiente, visa ampliar o acesso de produtores extrativistas e suas organizações à PGPM-Bio proporcionando, desta forma, apoio à comercialização de produtos extrativos e à estruturação das cadeias produtivas. 

Para que um maior número de extrativistas conheça e acesse a Política, a estratégia da Conab é promover ações de divulgação e capacitação. As visitas também visam a sistematização de informações sobre os resultados do programa, por meio da realização de estudos que possibilitem um maior alcance da política de apoio a extrativistas.

Atualmente, 15 produtos são amparados pela PGPM-Bio: açaí, andiroba, babaçu, baru, borracha, cacau, castanha, carnaúba, juçara, macaúba, mangaba, pequi, piaçava, pinhão e umbu. 

Valparaíso - Dados fornecidos pelo Ministério do Turismo dão conta de que apenas um parque temático no Maranhão está inscrito no Cadastur, o Valparaíso, da empresária Ruth Madeira, localizado no município de Paço do Lumiar. O empreendimento conta com loja de conveniência, restaurante, bar, ambulatório, estacionamento. O objetivo do MTur é ampliar o número desses parques, pois, mesmo sendo muito demandados pelos turistas, apenas 53 estão devidamente cadastrados, ou seja, em situação regular.

Golden - Na manhã desta sexta-feira (29), o Golden Shopping, no bairro do Calhau, abre suas portas, com 48 lojas em funcionamento, além da praça de alimentação. O empreendimento, pertencente ao Grupo NBR, do empresário Francisco Neves Reagadas, foi apresentado nesta quinta-feira (28) com o coquetel para convidados. A expectativa é que a partir do próximo ano o shopping center esteja funcionando com pelo menos metade de sua estrutura, já que os 100% só daqui a dois anos.

Impostos - A pesquisa CNI/Ibope divulgada nesta quinta-feira revela que a pior avaliação do presidente Michel Temer refere-se aos impostos e à taxa de juros. Os índices de desaprovação nestas áreas são, respectivamente, de 90% e 87%. Em seguida, aparecem saúde (86%), combate ao desemprego (85%) e segurança pública (85%). 






No Chá de Atitude idealizado, realizado semana passada, no Hotel Luzeira, a coach Gardênia Feitosa, uma das idealizadoras do evento, com a empresária Bruna Maciel



MobCidades - Numa iniciativa do Instituto de Cidadania Empresarial (ICE-MA) foi lançado em São Luís o Projeto MobCidades. A iniciativa é uma parceria com o Instituto de Estudos Socioeconômicos (Brasília) e a Rede Social Brasileira por Cidades Justas, Democráticas e Sustentáveis, com apoio da União Europeia. O Projeto irá beneficiar 50 organizações de dez cidades brasileiras. Em São Luís, também integraram diretamente o projeto a Engajamundo, o Geenpeace, o Instituto Maranhão Sustentável e o Plan Internacional.

Alcoa - Alcoa, maior acionista do Consórcio Alumar, foi nomeada líder no Índice Dow Jones de Sustentabilidade (DJSI) uma fonte reconhecida de responsabilidade corporativa e sustentabilidade. A Alcoa está incluída como líder em mineração e metais em categorias tais como desempenho ambiental, governança corporativa, risco e gestão de crises, estratégia climática, desenvolvimento do capital humano e impacto social. Para a empresa, a inclusão no Índice deve-se à dedicação dos funcionários ao redor do mundo.

Nenhum comentário: