11 de out de 2017

Boletos bancários de outras instituições serão aceitos pelos bancos somente a partir de 2018

GIRO ECONÔMICO

A possibilidade de pagar boletos vencidos com valores abaixo de R$ 2 mil em qualquer banco foi adiada para o próximo ano. A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) estendeu o prazo de implementação do novo sistema por causa da grande quantidade documentos bancários no país. Em julho, a Febraban iniciou a implementação de novo sistema de pagamento de boletos, de forma escalonada. Na primeira etapa, os bancos passaram a aceitar o pagamento de boletos vencidos com valores a partir de R$ 50 mil. No mês passado, o valor mínimo foi reduzido para R$ 2 mil. 

Nesta segunda-feira (09), deveriam começar a ser recebidos em qualquer banco os boletos vencidos a partir de R$ 500 e, segundo o cronograma inicial, em novembro, haveria nova redução para o valor mínimo de R$ 200. Em dezembro, todos os documentos vencidos passariam a ser aceitos em qualquer banco.

As novas datas das próximas etapas do cronograma serão divulgadas posteriormente.

Rua Grande - Pela importância da obra para a cidade, pelo tempo de espera para o início e pelos impactos que vai provocar no comércio, causou estranheza a simplicidade dada pelo Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) ao ato de assinatura da ordem de serviço para execução da reforma da Rua Grande. Nenhum representante da classe empresarial, tampouco do Governo Estadual e do Município, apenas o superintendente do órgão, Márcio Itapary, e o dono da contratada Ducol, Henry Duailibe.

Rosa - Para associar a empresa à campanha do Outubro Rosa, campanha mundial de conscientização para alertar as mulheres sobre a importância da prevenção contra o câncer de mana, dois empregados da Vale que trabalham na manutenção da Estrada de Ferro Carajás pintaram de cor de rosa o motor de uma das locomotivas do trem que circula pela ferrovia. O motor, que é o coração da locomotiva, pesa cerca de 22 toneladas e é capaz de movimentar um comboio com até 110 vagões de minério.

Feriadão - Ruim para o comércio, mas bom para o setor de turismo: por conta do feriado desta quinta-feira (12), as repartições públicas não funcionam na sexta-feira (13), ou seja, muita gente vai sair e outras vão entrar na cidade para este fim de semana prolongado.








Funcionária da Vale posam em frente a um motor de trem pintado de rosa para associar a empresa à campanha do Outubro Rosa, voltada para conscientização sobre os riscos do câncer de mama


Palestra - O deputado Adriano Sarney (PV) fará profere, nesta quarta-feira (11), palestra na Associação Comercial do Maranhão sobre as ações da Frente Parlamentar da Micro e Pequena Empresa (FPME) em prol do Maranhão, por ele criada na Assembleia Legislativa. Segundo ele, essa frente é uma das principais bandeiras de luta na Assembleia, pois este é o segmento econômico que mais tem contribuído para o desenvolvimento do estado, mas é uma das que mais necessitam de proteção do estado.

Produção - O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta terça-feira levantamento sobre a colheita de grãos, leguminosas e oleaginosas para o mês de setembro, que foi de 1,1 milhão de toneladas, puxada pelo Mato Grosso, com participação de 26,2%, seguido pelo Paraná (17,2%) e o Rio Grande do Sul (15,1%). Completam o grupo dos dez maiores produtores, Goiás (9,4%), Mato Grosso do Sul (7,9%), Minas Gerais (5,9%), São Paulo (4,0%), Bahia (3,4%), Santa Catarina (2,9%) e Maranhão (1,8%).


Nenhum comentário: