31 de out de 2017

Deputado Rubens Júnior se confunde com a História ao dizer que Zé Reinaldo abriu mão três vezes de ser senador

O deputado federal pelo PCdoB Rubens Júnior (foto) fez uma leitura equivocada da História ao citar as vezes que José Reinaldo abriu mão de ser senador, "portanto agora é a sua vez".

Na defesa do seu colega de parlamento como candidato na chapa de Flávio Dino (PCdoB), que vai tentar a reeleição em 2018, Rubens Júnior, segundo reportagem de O Estado do Maranhão desta terça-feira (31), diz que José Reinaldo abriu mão três vezes de disputar o cargo, e citou quais foram essas oportunidades: 2006, 2010 e 2014.

Na verdade, em 2006, foi o próprio José Reinaldo que optou por ficar no Palácio dos Leões até o final do mandato, para não passar o cargo ao vice, Jura Filho (aliado do Grupo Sarney) e para garantir a eleição de um sucessor de sua confiança, que acabou sendo Jackson Lago (PDT); em 2010, José Reinaldo disputou o Senado, mas perdeu, mesmo estando em disputa duas cadeiras, pois não houve unidade em torno do seu nome e foram lançados também, pelo seu grupo político, Edson Vidigal e Roberto Rocha, o que acabou favorecendo João Alberto e Edison Lobão, ambos do PMDB; em 2014 a preferência dos aliados de Zé Reinaldo foi pela candidatura de Roberto Rocha, que era do PSB e acabou rompendo com o grupo. O próprio Reinaldo avaliou que seria mais seguro disputar uma cadeira na Câmara Federal.

Nenhum comentário: