18 de out de 2017

Senadores petistas e uma comunista fogem da sessão que devolveu o mandato do senador tucano Aécio Neves

A petista Gleise Hoffmann e a comunista Vanessa Graziottin fugiram da sessão
Apesar das críticas de segmentos da "esquerda" pelo resultado da votação no Senado, nesta terça-feira (17), em que foi devolvido o mandato do senador Aécio Neves (PSDB - MG), as ausências mais notadas na sessão foram as das senadoras Gleise Hoffmann (presidente nacional do PT) e  Vanessa Graziottin (PCdoB-AM), que se apresentam como as mais combativas do Congresso, porém na hora de botar a cara a julgamento fugiram, ou seja, facilitaram a absolvição do tucano.

A petista tem como justificativa uma viagem agendada para a Rússia, onde estaria para participar das comemorações dos cem anos da revolução comunista, e a segunda, não se sabe por quê. Além destas, outros petista de grande estrela, Jorge Viana também não compareceu.

Gleise e Vanessa também estão no time dos congressistas enrolados no Supremo Tribunal Federal, como envolvidas em suspeitas doações de campanha, por isto, para elas, melhor não apontar os erros de Aécio. Leia reportagem em Maranhão Hoje.

Saiba quais senadores fugiram da votação:

  • Aécio Neves (PSDB-MG) – Estava afastado por decisão do STF
  • Armando Monteiro (PTB-PE)
  • Cristóvam Buarque (PPS-DF)
  • Gleisi Hoffmann (PT-PR)
  • Jorge Viana (PT-AC)
  • Gladson Camelli (PP-AC)
  • Sérgio Petecão (PSD-AC)
  • Ricardo Ferraço (PSDB-ES)
  • Rose de Freitas (PMDB-ES)
  • Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM)

Nenhum comentário: