11 de dez de 2017

Conab define quais são os produtos regionais que terão direito a desconto do Pronaf no mês de dezembro

GIRO ECONÔMICO

Arroz, feijão, leite, tomate e banana estão entre os produtos com direito a desconto nas parcelas de dezembro do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). A lista de culturas e as regiões contempladas este mês com o apoio do Programa de Garantia de Preços para a Agricultura Familiar (PGPAF) foi publicada nesta sexta-feira (8) no Diário Oficial da União (DOU). Mensalmente, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) analisa os preços praticados pelo mercado. 

Os produtos com cotação abaixo dos valores de garantia da PGPAF recebem um bõnus para uso no abatimento de financiamento do Pronaf no mês seguinte. Os bônus valem até o dia 9 de janeiro de 2018. Em novembro, ficaram abaixo do preço mínimo arroz, babaçu, banana, batata, cacau, cará/inhame, erva-mate, feijão, feijão-caupi, leite, mamona em baga, manga, mel, milho, carnaúba, sorgo, tomate, trigo e triticale.

Os destaques ficaram para o feijão caupi no Mato Grosso, com bônus de 51,32%, seguido pela amêndoa de babaçu nos estados do Tocantins (47,74%), Pará (45,99%), Ceará (45,64%) e Maranhão (42,51%). 

Dívida - A Câmara dos Deputados deve votar, a partir desta terça-feira (12), proposta sobre parcelamento de dívidas de produtores rurais com a Previdência Social. De acordo com substitutivo da deputada Tereza Cristina (sem partido-MS), o parcelamento será com descontos: a alíquota devida a título de contribuição social para a Previdência diminuirá de 2% para 1,2% da receita bruta no caso de produtor rural pessoa física, e de 2,5% para 1,7% no caso de empresas. A vigência das novas alíquotas será 1º de janeiro de 2018.

Turismo - Pesquisa divulgada pelo Ministério do Turismo indica que o Nordeste mantém-se na liderança como destino de preferência dos potenciais viajantes brasileiros para as festas de fim de ano e férias, com 43,4% das indicações, seguido pelo Sudeste, que deve ser o segundo destino mais visitado, com 25,1%. Destaque para a região Sul, que melhorou a performance na sondagem do mês anterior e alcançou 23,9% de intenção, seus maior percentual do ano. O Centro-Oeste aparece com 5,3% e o Norte com 2,3%.

Gratuidade - A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania aprovou proposta que direciona recursos do Fundo Nacional de Segurança de Trânsito (Funset) para financiar a obtenção de Carteira Nacional de Habitação (CNH) de pessoas com renda familiar mensal inferior a três salários mínimos.









Na inspeção às obras de requalificação da Praça do Panteton, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior com a presidente do Iphan, Kátia Bogéa; o vice-prefeito Luiz Pinheiro e o superintendente do Iphan, Maurício Itapary



Transporte - As operações de transporte de cargas e de passageiros no Maranhão tornam-se 32,8% mais caras em função das deficiências na pavimentação das rodovias federais e estaduais, segundo dados da Confederação Nacional dos Transportes (CNT). De acordo com os números da pesquisa que avaliou as rodovias públicas e privadas em todo o país, para a reconstrução, restauração e manutenção dos trechos danificados nas rodovias maranhenses, são necessários R$ 2,7 bilhões em investimentos.

Prospera - As operações do Prospera Santander Microcrédito somaram, entre janeiro e outubro deste ano 104,3 milhões, o que representa um aumento de 23,7% na comparação com igual período de 2016, quando totalizaram R$ 84.3 milhões. Atualmente o banco conta com duas agências, uma em São Luís e Imperatriz, para atender as demandas de 39 municípios, onde se concentram cerca de 28 mil clientes. Graças ao programa, 3.400 novas contas correntes foram abertas, ou seja, quem não tinha banco passou a ter.

Nenhum comentário: