18 de dez de 2017

Em entrevista em cadeia de rádio, Flávio Dino diz que é e vai continuar sendo opositor do presidente Michel Temer

Na entrevista concedida à Rádio Timbira, oficial do estado e um pool de 64 emissoras do interior do estado, nesta segunda-feira (18), o governador Flávio Dino (PCdoB) foi taxativo ao afirmar que é e vai continuar sendo oposição ao presidente Michel Temer (PMDB).

Além de ser contra o fato dele ter assumido após o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), de quem era vice, o governador disse que discorda de sua política econômica, principalmente no que diz respeito às reformas Trabalhista e da Previdência.

Flávio Dino disse que com esta posição ele estabelece também uma diferença aos seus adversários, pois estes estão sempre mudando de posição sem que muda o governo, o que, de certa forma, como ele acredita, depõe contra a classe política, já que não se consegue estabelecer claramente que princípios defende. Leia reportagem aqui.


Um comentário:

Anônimo disse...

Flavio Dino diz que é contra as reformas trabalhista e previdenciária, mas faz com os servidores públicos atrocidades muito maiores. Esse cara é um falastrão mesmo.