31 de dez de 2017

Santa Inês foi o município do Maranhão que teve pior desempenho na geração de empregos em novembro

GIRO ECONÔMICO

Apesar do saldo negativo no estado de 300 postos de trabalho desativados em novembro, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), São Luís fechou o mês com um saldo de 1.155 empregados preservados. Foram 6.340 contratações contra 5.185 demissões. Já no acumulado dos 11 meses, a capital registrou 67.537 admissões contra 65.445 demissões, ou seja, um saldo positivo de 2.092 vagas mantidas, mas o desempenho dos 12 meses, embora pequeno, é negativo. 

No período foram contratados 72.119 trabalhadores e 72.232 foram demitidos, gerando um saldo negativo de 113. Por outro lado, Santa Inês foi o município com pior desempenho do mês de novembro: saldo de 89 postos de trabalho fechados, resultado de 146 admissões contra 235 demissões.

Santa Inês tem ainda um acumulado de 458 postos de trabalho fechados (2.253 contratações e 2.711 desligamentos) e nos 12 meses um acumulado de -663 (2.366 admissões e 3.029 demissões). Leia reportagem completa em MARANHÃO HOJE.

Acordos - Os sindicatos dos trabalhadores que têm alguns privilégios por conta de acordos coletivos de trabalho precisam correr contra o tempo, pois, segundo informação da Federação do Comércio, todos os que estavam em vigor até 31 de outubro caíram em desuso com a entrada em vigor das novas normas trabalhistas, como é o caso do horário de funcionamento do comércio, folga em determinadas datas, valor de horas extras etc, o que vem sendo negociado individualmente entre empregadores e empregados.

Comércio - Os estabelecimentos comerciais aguardam para este domingo um comparecimento maciço de clientes, por isto, tanto nos shopping centers quanto nas ruas vários estabelecimentos anunciam funcionamento normal neste último dia de 2017. O funcionamento deve ocorrer até por volta das 16h, porém, como não há convenção coletiva em vigor entre sindicatos de patrões e empregados, os acordos estão sendo celebrados individualmente nas empresas entre patrões e trabalhadores. 

Contabilidade - O contador João Conrado de Carvalho, que terça-feira deve ser eleito e empossado presidente do Conselho Regional de Contabilidade (CRC-MA), já definiu a primeira ação no cargo: ingressar na Justiça para que os profissionais de sua área também tenham ISS reduzido como o conseguido pelos advogados.




Na condição de ex-presidente e já se preparando para retorno ao parlamento, o chefe da Casa Civil do Governo do Estado, Marcelo Tavares, participou, com a família, da confraternização dos servidores da Assembleia Legislativa



Turismo - Embora sejam artistas de fama, o que lhe garante enormes receitas pelas suas atuações em palcos, cinema e TV, a atriz Glória Pires e o marido, cantor Orlando Moraes, decidiram investir em turismo no Maranhão, como proprietários da Pousada Orla Náutica, em Barreirinhas, onde neste domingo (31) promovem uma das maiores festas de Réveillon doestado. O casal teria adquirido também propriedade em Luiz Corrêa, no litoral piauiense, o que sinaliza que vai expandir os negócios em toda Rota das Emoções.

Liquidação - No Maranhão, apenas os moradores das cidades de Bacabal, Caxias, Codó e Timon vão poder desfrutar, na próxima semana, da tradicional “liquidação fantástica” da loja Magazine Luíza, marcada para sexta-feira (05), simultaneamente também em São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Goiás, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará e Piauí. Como se sabe, há apenas uma loja da rede no estado, instalada no Caxias Shopping.

Um comentário:

Anônimo disse...

O Magazine Luiza possui lojas em Caxias, Codó e Bacabal.