2 de dez de 2017

Vendas de veículos no Maranhão este ano aumentaram 5,78% na comparação com as de 2016, segundo Fenabrave

GIRO ECONÔMICO

De janeiro a novembro deste ano, as vendas de automóveis e comerciais leves no Maranhão somaram 24.113 unidades, o que representa um aumento de 5,78% na comparação com o mesmo período de 2016, quando foram vendidos 22.796 veículos. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), que registrou em novembro um volume de vendas de 2.215 desses modelos, ou seja, 13,88% a mais do que novembro de 2016, quando foram comercializadas 1.945 unidades. 

O bom desempenho foi registrado também na capital, pois nos nove meses de 2017 a soma chegou a 13.444 contra 12.354 do ano anterior, o que dá uma variação de 12,40%.

Ainda de acordo com os números da Fenabrave, no mês de novembro passado os automóveis e comerciais leves vendidos em São Luís somaram 1.233, enquanto no mesmo mês de 2016, foram 1.097, ou seja, houve um aumento de 12,40%.

Municípios - O Senado deve votar na próxima semana a PEC 29/2017, que aumenta as receitas do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), com a elevação de 49% para 50% o repasse da União ao fundo relativo ao Imposto de Renda (IR) e ao Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). De iniciativa do senador Raimundo Lira (PMDB-PB), a PEC determina que o acréscimo seja repassado em setembro de cada ano. A estimativa é de que as transferências aos municípios possam chegar a R$ 5,6 bilhões em 2021.

Itaqui - De janeiro a outubro deste ano, o Porto do Itaqui registrou um movimento de 16,321 milhões de toneladas, segundo estatística da Agência Nacional de Transporte Aquaviário (Antaq). Na comparação com igual período de 2016, quando foram transportadas 15,047 milhões de toneladas, isto significa dizer que houve um aumento de 1,274 milhão de toneladas, este ano. Já o Porto de Ponta da Madeira movimentou 137,977 milhões de toneladas nos dez meses, e o da Alumar, 12,496 milhões.

Popularidade - Impressiona como, apesar dos depoimentos da maioria da população, satisfeita com a melhoria na geração de empregos, no volume de vendas no comércio, na queda da inflação, na confiança do mercado, no crescimento do PIB etc, isto não se converta em popularidade para o presidente Michel Temer.




Na eleição da nova diretoria da Academia Maranhense de Letras Jurídicas (AMLJ), que reconduziu João Batista Ericeira à presidência, os acadêmicos Carlos Nina, José Américo Costa, Luiz Guterres, Sérgio Tamer e Othon Fernandes



Feriado - O projeto de lei do deputado Zé Inácio (PT), que feriado estadual pelo Dia de Zumbi em 20 de novembro, pode ser bombardeio por ações judiciais, se sancionado, pois vai de encontro à Lei Federal 9.093, que fixa apenas um feriado para cada estado e quatro para os municípios. Vale destacar que a lei federal 12.519, que criou o Dia de Zumbi, não menciona feriado, tampouco modifica outro diploma legal. Também é questionável o feriado do Dia dos Bancários, pois atende só uma categoria, o que é vedado pela Constituição.

Independência - A Secretaria das Cidades prorrogou até quinta-feira (07) as inscrições para o Residencial Parque Independência, que será construído no mesmo terreno onde era realizada a Exposição Agropecuária do Maranhão (Expoema), no bairro do São Cristóvão. Até o momento, mais de 6,6 mil servidores dos poderes Executivo e Judiciário já se inscreveram para disputar os 2.084 apartamentos. Os trabalhos de edificação serão executados pelas construtoras Canopus e Amorim Coutinho.

Nenhum comentário: