6 de jan de 2018

Auditores do IBGE já visitaram mais de 56% de propriedades rurais no Maranhão para fazer o censo agropecuário

GIRO ECONÔMICO

A coleta dos dados do Censo Agropecuário no Maranhão chegou, em dezembro, ao seu quarto mês em ritmo acelerado. Conforme o último levantamento, no Maranhão, 162 mil 802 propriedades rurais já foram visitadas pelos recenseadores, representando 56,7% do total de estabelecimentos estimados, que é de 287 mil 336. 

Na Região Tocantina, somente em Açailândia, os recenseadores do IBGE já visitaram 62,6% das propriedades estimadas; na região sul do estado, um dos principais polos produtores é o município de Balsas, onde o destaque é o cultivo de grãos como soja e milho, com 86,1% das propriedades rurais já visitadas; na região litorânea do estado, o município de Tutóia, que é um dos principais destinos turísticos do Maranhão, 95,4% das propriedades já foram pesquisadas.

Em todo o Brasil, os recenseadores já visitaram mais de 3 milhões de estabelecimentos e a previsão é que os trabalhos sejam realizados até fevereiro. 

Indústria - A produção da indústria brasileira cresceu 0,2% de outubro para novembro de 2017, segundo Pesquisa Industrial Mensal divulgada nesta sexta-feira (05) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Foi o terceiro resultado positivo, que acumula 0,9% de alta. De outubro para novembro, foram observadas altas nas produções de insumos industrializados para o setor produtivo (1,4%) e de bens de consumo duráveis (2,5%). Máquinas e equipamentos se mantiveram estáveis e bens não duráveis recuaram 1,6%.

Benefício - Mais de 100 mil benefícios do Programa Bolsa Família foram cancelados ou bloqueados no Maranhão pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS). Além destes, 32.638 estão em fase da avaliação, enquanto, em nível nacional, foram cancelados 469.612 benefícios, 1.468.681 estão bloqueados e 620.030 estão em fase de avaliação. Segundo o Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU), a avaliação visa ao aprimoramento dos controles relativos ao programa. 

A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) estimou crescimento de 13,2% na produção de veículos em 2018, com a produção de 3,5 milhões de unidades no ano. Para os emplacamentos, a projeção é de crescimento de 11,7%, e para as exportações, 5%.







O deputado federal José Reinaldo Tavares prestigiou, nesta quinta-feira (04), a efetivação do deputado Othelino Neto (C) na presidência da Assembleia Legislativa e a ascensão de Fábio Macedo (E) à primeira-vice presidência



PIS/Pasep - Entra em vigor neste sábado (06) a Medida Provisória (MP) n° 813, de 26 de dezembro de 2017, que amplia o saque das cotas do antigo Fundo PIS/Pasep para homens e mulheres a partir de 60 anos, sendo que antes a idade mínima era de 62 anos para mulheres e 65 para homens. O benefício vale para quem foi cadastrado no PIS/Pasep antes de 4 de outubro de 1988 e, com a mudança, estima-se a que R$ 11 milhões de resgates devam ser feitos, o que deve provocar uma injeção de mais de R$ 21 bilhões a economia.

Caranguejo - Um dos produtos mais apreciados pelos maranhenses e um dos recomendados para quem visita o estado, principalmente São Luís, o Caranguejo Uçá está com captura, transporte, industrialização, beneficiamento e comercialização proibidos até março, conforme Instrução Normativa Interministerial nº 6, de 16 de janeiro de 2017, ou seja, proibido de consumo. Além do Maranhão, a proibição vale também para estados de Alagoas, Pará, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Sergipe e Bahia.

Nenhum comentário: