11 de jan de 2018

Obras de duplicação da BR 135 demoraram meia década, ou seja, 21 quilômetros em cinco anos, 4,2 quilômetros por ano, 350 metros por mês ou 11 metros por dia

Uma grande festa foi montada pelos governos federal e estadual para a entrega de mais 11 quilômetros do trecho duplicado da BR 135, entre Estiva, em São Luís, e a cidade de Bacabeira.

O trecho inaugurado nesta quinta-feira (11) pelo ministro dos Transportes, Maurício Quintella, compreende a extensão do Campo de Perizes, até o povoado de Perizes de Baixo, no município de Rosário.

A duplicação começou em 2012, ainda no governo da ex-presidente Dilma Rousseff, as obras foram paralisadas em 2015 e somente ano passado o presidente Michel Temer resolveu continuá-la, portanto, vão-se cinco anos, o que dá para se fazer o seguinte cálculo:

  • 21 quilômetros em cinco
  • 4,2 quilômetros por ano
  • 350 metros por mês
  • 11 metros por dia

Nenhum comentário: