7 de fev de 2018

Hoteis, agências de viagens e parques temáticas serão fiscalizados pelo Ministério do Turismo até abril

GIRO ECONÔMICO

Até abril, todas as capitais brasileiras serão visitadas pelos fiscais do Ministério do Turismo numa ação para sensibilizar os prestadores de serviço sobre a importância da formalização do setor e, consequentemente, garantir a ampliação do número de pessoas físicas e jurídicas no cadastro de prestadores de serviços turísticos: o Cadastur. O trabalho de fiscalização, iniciado em setembro de 2017, já tem surtido efeitos nos números do Cadastur. 

Em dezembro de 2017 foram identificados 64.591 cadastros, um crescimento de 14% em relação ao mesmo período do ano anterior. É importante alertar que quem for flagrado com cadastro fora de validade será considerado ilegal e pode ser autuado pelos órgãos de controle. Caso não regularize sua situação, ainda pode ser penalizado com uma multa que pode chegar a R$ 854 mil.

Com a medida, a expectativa do Ministério do Turismo é garantir o cadastro dos 4.123 meios de hospedagem das capitais registrados pelo censo da hotelaria encomendado pelo MTur no ano passado. Atualmente, 1.374 estão no sistema, ou seja, 33% do total. 

Shopping - A Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce) firmou duas parcerias com os Ministérios do Desenvolvimento Social e do Trabalho e Emprego. A primeira faz parte do Plano Progredir – programa oficial do governo que tem como objetivo gerar emprego, renda e promover a autonomia das pessoas inscritas no Cadastro Único dos beneficiários do Programa Bolsa Família. A outra visa à abertura de agências do MTE nos shopping centers. As iniciativas reforçam o papel social do setor, segundo a entidade. 

Restrições - As restrições para caminhões e carretas imposta pela Polícia Rodoviária em trechos de BRs no carnaval, apesar do argumento para deixar as rodovias menos carregadas devido ao grande volume de carros particulares que circulam nesse período, são criticadas pela Confederação Nacional de Transporte (CNT), pois aumentam custos do transporte de cargas. No Maranhão, sábado (10) e Quarta-Feira de Cinzas (14), carros pesados não podem trafegar pela BR 135, das 06h às 20h, entre São Luís e Entrocamento (Itapecuru-Mirim). 

Homenagem - Na sessão plenária desta quarta-feira (07), na Associação Comercial do Maranhão, os diretores da entidade deverão prestar uma homenagem postura ao ex-diretor Silvino Gullar, que faleceu sábado. Ele, por muitos anos, foi um ativo militante na política empresarial maranhense.





Em Pastos Bons, na solenidade de certificação de cursos de qualificação profissional pelo Senai, o presidente da Federação das Indústrias, Edilson Baldez, fazendo entrega de certificado a uma concludente





Chile - A empresária Carolina Pinheiro, diretora da BR Consulting, participa nesta quarta-feira (07), a partir das 19h, da sessão plenária da Associação Comercial do Maranhão, onde vai dar detalhes da missão empresarial ao Chile, onde empreendedores locais vão conhecer o potencial econômico do país e identificar possíveis parceiros comerciais para novas oportunidades de negócios no mercado chileno e vice-versa. Na oportunidade, também será o lançamento da Câmara de Comércio Exterior da Associação Comercial do Maranhão. 

Economia - No discurso proferido segunda-feira (05) na abertura dos trabalhos legislativos da Assembleia, o governador Flávio Dino (PCdoB), mesmo sendo crítico contumaz do presidente Michel Temer (MDB), reconheceu que a economia brasileira está em recuperação. Segundo ele, os números indicam que a recessão (que começou ainda no primeiro mandato da ex-presidente Dilma) foi superada, graças, segundo ele à determinação da classe empresarial, que, mesmo com todo clima adverso, não parou de investir.

Nenhum comentário: