27 de mar de 2018

Acostumados a mandar MST afrontar a democracia, Lula e PT reclamam das hostilidades de brasileiros da região Sul

Resultado de imagem para protestos contra Lula no sulO ex-presidente Lula, militantes do PT e simpatizantes do ex-presidente e da sua agremiação partidária reclamam das hostilidades ao petista em sua passagem por cidades da região Sul, onde realiza mais uma caravana em clima de pré-campanha eleitoral. Alguns seguidores do petista, do alto de sua autoridade política e de sua sabedoria jurídica, dizem que os protestos são atentados à democracia e um comportamento típico de fascistas, mas esquecem de como o PT e seus apêndices sempre agiram, principalmente em proximidades de período eleitoral, para impor o medo, e estabelecer a diferença do "nós contra eles".

Alguém lembra, por acaso, o que o MST fez num sítio do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, quando este estava no exercício do mandato? Pois bem, os "sem terra" ocuparam a casa, mataram as aves, destruíram as plantações, distribuíram peças íntimas (calcinhas e sutiãs) da ex-primeira dama, Ruth Cardoso, às suas  mulheres; se apropriaram das geladeiras e despensa e, na saída, defecaram e limparam suas nádegas fétidas com toalhas de banho e rosto do casal.

Alguém lembra do que manifestantes do PT fizeram com o ex-governador Mário Covas numa greve de professores em São Paulo? Pois é, o governador foi agredido com mastros de bandeiras vermelha na testa, e uma das maiores lideranças petistas, José Dirceu, ainda encorajou os malfeitores, dizendo que Covas tinha de aprender a apanhar na rua e nas urnas.

E outros atentados do MST e do Movimento dos Sem Teto contra a ordem nacional, como invasão do Congresso, ocupação de ministérios e outros órgãos públicos Brasil afora e até mesmo as mais recentes depredações numa gráfica da Globo e numa fábrica de confecções das Lojas Riachuelo? Seria isto democracia? Seria isso anti-fascismo?

Resultado de imagem para protestos contra Lula no sulAlgum petista ou admirador destes sabe dizer como o presidente da República é recebido onde vai? Não fosse o reforço da segurança, além dos gritos de "Fora, Temer", ele certamente já teria sido agredido fisicamente ou coisa mais grave. E isto tudo incentivado até por quem, por medo de dizer pessoalmente o que pensa, manda recado por fotografias com descabido desdém a uma autoridade.

Pela primeira vez, Lula enfrenta manifestação tão vibrantes e violentas. Não deveria, mas também jamais poderia ter incentivado e se beneficiado desse tipo de comportamento. Quem sabe, depois dos gaúchos, catarinenses e paranaenses, outros brasileiros criem coragem e mandem Lula para lá, pra bem longe.

Nenhum comentário: