12 de mar de 2018

Adutora do Sistema Italuís rompe, parte de São Luís fica sem água e Caema responsabiliza os governos anteriores

Ao comunicar, nesta segunda-feira (12), mais um rompimento
na adutora do Sistema Italuís, cuja inauguração da nova tubulação estava marcada para dezembro do ano passado, a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), culpou os governos anteriores por mais essa interrupção no fornecimento de água para boa parte da população de São Luís.

Na nota, a Caema diz que, "infelizmente, houve um rompimento na adutora do Sistema Italuís nesta segunda-feira (12). A Caema já adotou providências para que o problema seja resolvido em até 24 horas".

Ao justificar o acidente, a estatal diz que "por conta da histórica falta de cuidados com o sistema ao longo de décadas, já foram registrados mais de 34 rompimentos na adutora antiga. A nova, a ser brevemente entregue pela Companhia, interromperá esta série de problemas, razão pela qual a Caema está exigindo que as empresas concluam a obra o mais rápido possível".

Vale ressaltar que a nova adutora estava praticamente concluída desde 2014, porém a Caema modificou o projeto original para poder entregá-la no final do ano passado. No dia em que foi liberada a vazão da água, a tubulação não suportou a pressão, uma peça se rompeu e até hoje não foi providenciada a sua reposição.

Nenhum comentário: