2 de mar de 2018

Áudio com ex-vice-prefeito de São Mateus Rogério Garcia reforça tese de Raimundo Cutrim para que contrabando descoberto por Jefferson Portela vá para Polícia Federal

Sem querer duvidar da competência e da honestidade da equipe liderada pelo secretário de Segurança, Jefferson Portela, mas o áudio atribuído ao ex-vice-prefeito de São Mateus Rogério Sousa Garcia (foto), levado ao ar pela Mirante AM, nesta sexta-feira (02), é um indicativo de que o deputado Raimundo Cutrim (PCdoB) tem razões quando defende que o contrabando de mercadorias desvendado pela polícia passe a ser investigado pela Polícia Federal.

Não bastasse o fato de tratar-se de mercado ilícito internacional, a segurança com que Rogério Garcia fala de que vai resolver esse problema com seu trânsito político, e pede paciência aos colegas de crime para que tenham paciência para "comer esse veneno", é algo assustador. Segundo ele, além de um secretário do Governo do Estado, dois deputados estão empenhados na solução. Ora, quem garante se os interesses políticos não podem contaminar as investigações ou inibir a divulgação dos resultados do que for descoberto?

Vale ressaltar ainda, que pelo volume movimentado, deste esquema não participavam empresas pequenas, quitandeiros, mas grandes corporações do varejo ou até mesmo do atacado, portanto deve vir muita pressão para inibir o trabalho da polícia.

Chama atenção ainda como essa quadrilha conseguia transitar com tantas mercadorias sem que houvesse desconfiança da Secretaria da Fazenda, que hoje não dispensa nem mesmo mala de ônibus para saber o que está sendo transportado. É esperar para saber até onde isto irá.

Leia reportagem em Maranhão Hoje.

Nenhum comentário: