24 de mar de 2018

José Sarney aconselha presidente Michel Temer a viajar pelo Brasil para mostrar o que fez e o que ainda pretende fazer a fim de viabilizar sua candidatura à reeleição

Um dia após a chegada às bancas da edição da revista Istoé em que Michel Temer (MDB) admite que poderá concorrer à reeleição (leia reportagem em Maranhão Hoje), o presidente recebeu neste sábado (24), no Palácio do Jaburu, em Brasília (DF), a visita do antecessor e ex-senador José Sarney (MDB), que o encorajou a se candidatar a fim de defender o legado do seu governo.

Segundo notícia veiculado neste sábado à noite pelo Jornal da Band, na Rede Bandeirantes, Sarney teria aconselhado Temer a viajar pelo Brasil para mostrar o que fez em dois anos e o que pretende fazer nos últimos meses que restam para encerrar o seu mandato.

Na entrevista à Istoé, o presidente disse que "seria uma covardia eu não ser candidato". Já o jornal O Estado de São Paulo informou que logo após a circulação da revista o MDB passou a trabalhar para que o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, assine filiação ao partido para ser, provavelmente, o vice e se mantenha como Plano B da legenda, caso Temer não consiga viabilizar seu projeto de reeleição.

Nesta sexta-feira (23), Meirelles acompanhou Temer num giro pelo Nordeste, onde estiveram em Xique-Xique (BA), Petrolina e a Goiana (estas em Pernambuco). Os dois passaram o dia juntos cumprindo agenda oficial, mas em ritmo e estilo de campanha eleitoral. 

Um comentário:

Julio Portugal disse...

Nem precisa esse maldito viajar pra ver as porcarias q fez nesses 2 anos.
Tomara q o azulzinho te leve logo pras profundezas. 😡