24 de mar de 2018

Maranhão integra consórcio de estados do Norte e Centro-Oeste que querem se aproximar do mercado internacional

GIRO ECONÔMICO

O Maranhão é um dos integrantes do Consórcio Brasil Central, bloco formado por sete unidades da Federação, para ampliar sua influência no comércio internacional. Os demais componentes são os estados do Mato Grosso, Goiás, Mato Grosso do Sul, Rondônia e Tocantins, além do Distrito Federal.

Os governadores (o Maranhão foi representado pelo vice, Carlos Brandão) foram recepcionados, quinta-feira (22), num jantar no Palácio Itamaraty, pelo presidente Michel Temer, que fez rápida passagem pelo local e cumprimentou os gestores. O consórcio é uma autarquia pública criada para que os sete estados trabalhem juntos em uma agenda de desenvolvimento.

O bloco foi criado em 2015 e, no seminário de amanhã, os governadores debaterão o seu fortalecimento comercial. O objetivo é facilitar as negociações de acordos preferenciais de comércio, importantes para enfrentar as barreiras protecionistas de alguns países e instituições. Leia reportagem em Maranhão Hoje.

Internet - A Oi foi condenada por ter prestado serviços de telefonia e internet defeituosos a uma consumidora, que alegou ter assinado contrato a fim de usufruir dos serviços de comunicação que lhe eram necessários, mas o serviço não foi prestado de forma satisfatória, ficando por meses sem qualquer sinal. Diante da situação, ela solicitou cancelamento, porém o valor cobrado para foi considerado alto, já que não estava utilizando os serviços contratados. A operadora deve pagar R$ 5 mil à cliente. 

Direito - Acolhendo proposição do desembargador Froz Sobrinho, o Tribunal de Justiça realizará, dia 20 de abril, cerimônia de homenagem pelos cem anos de fundação do Curso de Direito da Universidade Federal do Maranhão. “O centenário do Curso de Direito da UFMA reflete um trabalho institucional permeado de excelência e tradição, comprometido com os anseios sociais, voltado para o ensino a nível de graduação e pós-graduação, à pesquisa e extensão”, justifica o desembargador. 

Emoção - Foi uma noite de muita emoção o show de quinta-feira (22) com Ivan Lins, no Teatro Arthur Azevedo, patrocinado pela Amorim Coutinho, pois além de reviver grandes sucessos do artista, a plateia pôde testemunhar os serviços prestados pela Fundação Antônio Brunno, que assiste pacientes de câncer, para a qual a renda foi revertida. 






O vice-governador Carlos Brandão (D) com o presidente Michel Temer, ministros e governadores do estados que formaram consórcio para estimular as exportações brasileiras



Embarques - Números da Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa) mostram que as viagens aéreas dentro do Brasil, em 2017, tiveram aumento de 4% em embarques e 2% em faturamento. A região que mais concentrou embarques foi a Nordeste, com 2,7 milhões de passageiros (em 2016 foram 2,69 milhões), seguido pelo Sudeste (652 mil contra 598 mil); Sul (650 mil contra 595 mil); Norte e Centro Oeste (318 mil contra 281 mil). No total, 4,3 milhões de brasileiros embarcaram para destinos nacionais. 

Sindicatos - O acordo coletivo de trabalho assinado nesta sexta-feira (23) pelos empresários e trabalhadores do comércio deveria ter sido celebrado em novembro do ano passado, mas vinha esbarrando numa exigência estranha dos comerciários, que exigiam dos patrões um descumprimento das novas regras trabalhistas, que seria a continuidade da cobrança obrigatória do Imposto Sindical, com base em decisão tomada em assembleia geral do sindicato, mas a lei diz que só o trabalhador individualmente pode autorizar o desconto.

Nenhum comentário: