12 de mar de 2018

Moradores de condomínio da Cyrela criticam intromissão de deputados e imprensa em problema com construtora

Em Nota de Repúdio distribuída nesta segunda-feira (12), moradores do Condomínio Pleno Residencial criticam a intromissão de deputados e da imprensa num assunto que dizem vir sendo resolvido de comum acordo entre eles e a construtora Cyrela, responsável pela obra, com intermediação do Ministério Público. Na nota, os moradores chegam a considerar as abordagem sobre esse problema sensacionalistas.

"Os problemas existem e estão sendo resolvidos entre Cyrela e Ministério Público, não sendo necessária nenhuma participação e envolvimento de deputados, imprensa ou não-moradores", diz a nota, que segue abaixo na íntegra:

Nota de Repúdio

Nós, moradores do Condomínio Pleno Residencial, manifestamos repúdio ao que vem sendo veiculado na mídia no que diz respeito aos reparos na estrutura do empreendimento, ocasionados pela construtora Cyrela. Estamos acompanhando diariamente as recomendações e notificações do Ministério Público à construtora e afirmamos, com total convicção, que a abordagem dada pela imprensa e por políticos em ano eleitoral é ABSURDAMENTE sensacionalista, de má fé e sem conhecimento profundo dos fatos.

Os problemas existem e estão sendo resolvidos entre Cyrela e Ministério Público, não sendo necessária nenhuma participação e envolvimento de deputados, imprensa ou não-moradores.

Agradecemos a preocupação, mas somos mais de 720 pessoas conscientes do trabalho que está sendo feito e do problema que, em breve, será solucionado.

Atenciosamente,

Moradores do Condomínio Pleno Residencial

Nenhum comentário: