5 de mar de 2018

Ônibus da Guerreira não existe, é apenas uma imagem criada por um admirador da ex-governadora Roseana

OBSERVATÓRIO POLÍTICO

Uma das imagens mais curtidas nas redes sociais neste fim de semana e que também chegou a ser alterada para retratar negativamente Roseana Sarney é a de um ônibus com foto gigante da ex-governadora com a frase "Caravana da Guerreira". A foto foi usada para anunciar a peregrinação da pré-candidata a governadora pelo MDB por trinta municípios, prevista para começar na próxima quinta-feira (08), Dia Internacional da Mulher, por Santa Inês.

Muitos chegaram a imaginar o impacto que isto iria causar por todas as cidades por ele passaria. Para que se tenha ideia, da viagem de São Luís a Santa Inês, seria visto em Bacabeira, Santa Rita, Miranda do Norte, Arari, Vitória do Mearim e Igarapé do Meio, no seu trajeto por duas BRs - 135 e 222 - de grande movimento de veículos, ou seja, um outdoor móvel capaz de causar grande impacto nesta fase pré-eleitoral.

O problema é que o veículo não existe fisicamente, pois é apenas imaginação de alguém que criou uma obra de grande efeito. Para dirigentes do MDB foi um admirador, ou seja, o partido não assume a contratação de ninguém para bolar essa imagem. Resultado: ninguém vai embarcar nessa viagem.

Dia da Mulher - No seu primeiro dia de viagem pelo interior do estado, Roseana Sarney vai ser recepcionada na sede da Maçonaria de Santa Inês numa grande festa que tem como objetivo comemorar o Dia Internacional da Mulher.

Mulher - A semana não vai ser das mais agradáveis para a bancada feminina na Assembleia Legislativa, pois dificilmente haverá clima para se comemorar, a exemplo de outros parlamentos, a Semana da Mulher, por conta do problema causado pelo deputado Cabo Campos, acusado de agredir fisicamente a esposa, Maria Campos. A procuradora Mulher, Valéria Macedo, em nota já manifestou que só acionará a Comissão de Ética e Decoro Parlamentar para apurar a conduta do parlamentar após conclusão das investigações policiais e do pronunciamento da Justiça ou ainda se houver manifestação do Ministério Público pedindo sua punição.

Além de Valéria Macedo, compõem a bancada feminina na AL as deputadas Ana do Gás, Andrea Murad, Francisca Primo, Graça Paz e Nina Melo.

Se fez comigo... - Na entrevista concedida, sábado (03), ao programa Entre Aspas da Rádio Educadora, o deputado e ex-governador José Reinaldo (sem partido), ao relatar os últimos dias de "convivência" com o governador Flávio Dino (PCdoB) disse que não era mais recebido no Palácio dos Leões e nem suas as ligações era mais atendidas, e concluiu: "se ele faz isso comigo, é capaz de fazer com qualquer um".

Vai ser fácil - O governador Flávio Dino (PCdoB) não tem o menor receio do que vem por aí na campanha eleitoral. Apesar de alguns alertarem que pode ser uma disputa acirrada, ele, numa entrevista a jornalistas que cobriam sua passagem por Imperatriz, sexta-feira (02), não foi nada modesto ao ser perguntado se a eleição pode ser difícil. "Que nada. Vai ser fácil, muito fácil!"

Flávio Dino também revelou que não vai alterar a rotina do seu governo por conta de acordos político. Sobre o caso Zé Reinaldo, por exemplo, lamentou, mas achou natural sua opção, e mais: teria optado por um modelo de gestão derrotado nas urnas.


PERGUNTAR NÃO OFENDE

Os deputados que davam cobertura à quadrilha que contrabandeava uísque e cigarros, do Suriname para São Luís, são da base aliada ou de oposição?

LIDO, VISTO E OUVIDO

Segundo turno sem o governador?

Um grupo de emedebistas discutia, nesta segunda-feira (05), a viagem da ex-governadora Roseana Sarney a 30 municípios, quando chegou uma liderança do interior.
- Vocês já pararam para pensar num confronto de Roseana com Eduardo Braide? - perguntou.
Um dos presentes na reunião então reagiu:
- Não acredito que ele possa ultrapassar a ex-governadora. Que vai dar trabalho vai, mas não chega a tanto.
O líder do interior, então, concluiu, seu raciocínio:
- Eu não estou falando do primeiro turno, mas do segundo.
- Você quer matar o governador de enfarte? - gritou um dos presentes diante da especulação, pois para ele, Flávio Dino jamais suportaria ficar de fora do segundo escrutínio. 

Nenhum comentário: